Clicky

GOVERNO » Compras Governamentais

Microsoft e Qlik acertam reduções de até 22% nos preços com o governo

Luís Osvaldo Grossmann ... 02/07/2020 ... Convergência Digital

O governo federal fechou novos acordos para limitar preços cobrados em licitações de produtos de Tecnologia da Informação e Comunicação. A Microsoft, que em 2019 não topou negociar e teve cortes de 35% na tabela base para licitações, desta vez acertou uma redução de 22,71% em 2 mil produtos vendidos a órgãos públicos. Como esse, o Diário Oficial da União desta quinta, 2/7, também traz o extrato do acordo com a QlikTech. Nesse caso, a redução foi de 10,87%.

As negociações para preços com grandes fornecedores de TI vem sendo tocada pela Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia desde o ano passado. Com base nesses acordos, a SGD publica catálogos de produtos de TI com preços máximos para licitações, sobre os quais incidem as reduções. 

“Esse acordo é fruto do compromisso da Microsoft de pavimentar caminhos que auxiliem na transformação digital do governo, possibilitando a contratação de produtos e serviços de tecnologia que são peça-chave para a inovação, ganho de eficiência e agilidade, e para a entrega de melhores serviços ao cidadão”, afirma a empresa da Microsoft Brasil, Tânia Cosentino. 

Quando não há acordo, a secretaria fixa um percentual de forma unilateral. Neste novo ciclo de negociações, foi o que aconteceu com Adobe e Broadcom. Para a primeira, o catálogo de 11 produtos e serviços mais contratados no governo traz desconto médio de 22,49% em relação às vendas realizadas nos últimos três anos. No caso da Broadcom, a lista tem 11 produtos e serviços da Symantec e a redução foi de 21,67%. 

Os catálogos com limite de preços para produtos adquiridos da Microsoft e Qlik já estão publicados no portal do Governo Digital – em www.gov.br/governodigital/pt-br/contratacoes/catalogo-de-solucoes-de-tic. Nas contas da SGD, os acordos anunciados trarão economia de pelo menos R$ 112 milhões em 2020. 


Plano do Ceitec é manter 105 empregados até leilão da estatal em setembro

Em audiências de conciliação no TRT-RS, trabalhadores defenderam a transferência, mas governo ainda resiste à proposta. Estatal em liquidação insistiu na demissão de 33 funcionários, suspensa pela Justiça.

ANPD define listas tríplices para vagas no Conselho Nacional de Proteção de Dados

Dos 122 indicados, Autoridade aprovou 39, de onde sairão os 13 escolhidos pelo presidente Jair Bolsonaro.  Brasscom, Federação Assespro, ConTIC e Feninfra estão entre os selecionados.

LGPD: cidadão vai controlar dados pessoais pelo portal Gov.br

Promessa é secretário de governo digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro. Plataforma permitirá ao cidadão revogar autorizações, ou reclamar à CGU.

Economia será o 'tinder' do financiamento para evitar desperdício no governo digital

“Não faz sentido um estado investir em uma identidade digital se já temos uma no governo, ou dois municípios gastarem com plataforma de gestão de tributo local”, explica o secretário Luis Felipe Monteiro.

Estados e municípios vão ficar com US$ 1 bilhão do BID para digitalização

Ao Convergência Digital, o secretário de governo digital, Luis Felipe Monteiro, assegura: “Impacto na economia vai chegar a R$ 100 bilhões."



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G