Clicky

Convergência Digital - Home

Oi Soluções une Wi-Fi ao big data &analyitcs

Convergência Digital
Convergência Digital* - 26/06/2020

A Oi Soluções lançou o Oi WiFi 4.0, que tem como diferencial a oferta de ferramentas de Big Data & Analytics visando maior rentabilidade para o negócio. Com o upgrade, médias e grandes empresas, públicas ou privadas, de diferentes verticais de atuação, passam a analisar de forma segura os comportamentos dos clientes em ambientes internos e externos, sendo a tecnologia integrada para a API (Application Programming Interface, na tradução, Interface de Programação de Aplicativos) dos principais sistemas de gestão de mercado e aderente as normas da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). O lançamento marca mais uma importante iniciativa da Oi Soluções como provedora e integradora de soluções de TICs para o setor B2B.

Nomeadas Business Analytics e Location Analytics, as ferramentas de Big Data & Analytics para a utilização em ambientes indoor e outdoor permitem mensurar quanto tempo os clientes permanecem no estabelecimento, quais horários de maior fluxo, qual a taxa de retorno, entre outros dados relacionados aos seus hábitos. Dessa forma, a solução oferece às empresas informações a respeito dos perfis de seus clientes para a criação de campanhas e pesquisas personalizadas para a publicidade de produtos e serviços, sendo este espaço apto também para a rentabilização do negócio com a venda de mídia para outras empresas.

"As empresas precisam cada vez mais direcionar os seus negócios usando a tecnologia como diferencial estratégico. Por meio da nossa solução conseguimos gerar insights aos nossos clientes que se convertem em novas receitas. E, nesse novo cenário que estamos vivendo, a assertividade do negócio vai fazer toda a diferença para a retomada da receita", afirma Adriana Viali, head de Oi Soluções.

Totalmente integrada com os principais sistemas de gestão do mercado, o Oi WiFi 4.0 possibilita que as empresas organizem as informações extraídas da solução de forma customizada, on time, gerando insights para o negócio. Como funcionalidade de segurança, a plataforma ainda garante filtro ao conteúdo acessado, prevenindo a navegação em sites indesejados, o registro e arquivamento de dados do usuário por 60 meses, resguardando os clientes corporativos de possíveis maus usos por parte de seus clientes em seus estabelecimentos. Características que dão às companhias uma atuação em conformidade com a LGPD.

"Instituições públicas e privadas como bancos, aeroportos, empresas varejistas e todas que necessitam de uma plataforma para fornecer conectividade sem fio ao seu público encontram no Oi WiFi 4.0 uma solução completa - link, hardware, software e gestão. Detemos o conhecimento necessário para o atendimento das necessidades dos nossos clientes de forma simples, tornando os espaços físicos destes mais inteligentes, integrados e atrativos para seus visitantes facilitando a decisão pela compra", diz Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing da Oi Soluções.


Destaques
Destaques

Multinuvem do Serpro vai concorrer com a do Ministério da Economia

Estruturada a parceria com AWS, Huawei e Azure, da Microsoft, estatal passa a disputar contratos com órgãos públicos, em briga direta com nuvem licitada e gerida pela Secretaria de Governo Digital.

Por que se tornar uma empresa data-driven?

Data-driven ou orientada a dados. É esse o novo lema das companhias que, cada vez mais, estão armazenando e analisando dados em busca de insights de negócios. Mas o que as empresas devem fazer para abraçarem os dados de forma a promover benefícios estruturais e longevos? A resposta não é simples.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.

Cloud é bom, mas quem gerencia?

Edmilson Santana*

Se a nuvem soluciona problemas de um lado, de outro sua operação demanda a formação de um time capaz de traduzir demandas de negócio em continuidade operacional, e isso de forma ágil, produtiva e consistente.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site