Clicky

Bolsonaro não se pronuncia, mas ouve defesa estratégica da Telebras

Luís Osvaldo Grossmann ... 23/06/2020 ... Convergência Digital

O presidente Jair Bolsonaro participou mudo e saiu calado da inauguração, nesta terça, 23/6, do centro de operações espaciais da Telebras e do Comando da Aeronáutica. O Cope atualmente controla o satélite geoestacionário de defesa e comunicações, mas foi criado com a expectativa de gerenciar toda uma futura constelação de artefatos espaciais. 

Bolsonaro, que incluiu a estatal na lista de privatizações, nada comentou nos 40 minutos de solenidade. Ouviu, porém, o presidente da empresa, Waldemar Gonçalves, defender a importância estratégica da Telebras para a inclusão digital e apresentar números que permitem sonhar com uma operação superavitária. 

“O satélite geoestacionário de defesa e comunicações é apenas parte de um complexo sistema que inclui extensa infraestrutura terrestre. O Cope foi planejado e dimensionado para atender um sistema com diversos satélites geoestacionários e de órbita baixa”, afirmou Waldemar Gonçalves. 

Ele ressaltou que a empresa encerrou 2019 com 11 mil pontos de conexão via SGDC instalados e 3 milhões de alunos conectados, “diminuindo a desigualdade social e levando incluso digital a pessoas que vivem fora da área de interesse econômico das operadoras comerciais. 

Segundo ele, nos últimos 18 meses, a Telebras quadruplicou a oferta de internet, aumentou a receita liquida em 55%, reduziu custos em 4%, e converteu um Ebitda de R$ 23 milhões negativos para R$ 28 milhões positivos. “Em dezembro de 2019 tivemos o maior lucro mensal desde 2013”. A estatal fechou o ano passado com prejuízo de R$ 237 milhões. 

O centro de operações especiais custou R$ 134 milhões e foi instalado em área do Comando de Operações Aeroespaciais, em Brasília. Além desse Cope na capital há um centro secundário no Rio de Janeiro, outros três gateways (SC, BA e MS), e oito sistemas de monitoramento pelo país. 

“É importante termos domínio dessa tecnologia, de soberania, de construir, lançar e controlar foguetes e satélites. Quando a gente olha nossas necessidades, vemos o quanto um sinal de satélite para levar informação, controlar fronteira, proteger o meio ambiente, como os satélites são essenciais”, apontou o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes. 

Já o novo ministro de Comunicações, Fabio Faria, afirmou que “a comunicação via satélite é vital para a defesa da soberania e desenvolvimento da nação”, e que a conectividade é fundamental. “Gostaria de ressaltar a importância desse satélite em nossas vidas. Ele leva informação, conhecimento e segurança aos brasileiros, permite ao governo ampliar capacidade de conexão para universidades, escolas, hospitais, centros de pesquisas e outros pontos de interesse público”.


Internet Móvel 3G 4G
Teles: restrição a fornecedores é um risco ao 5G e aos consumidores

Por meio de um comunicado da Conexis Brasil Digital, as teles advertem que está se criando um ambiente de incertezas com relação ao 5G; lembram que possuem 'grande experiência nos mais elevados e críticos quesitos de privacidade e segurança de rede; e ressaltam que é preciso transparência para atrair investimentos ao País.

Anatel encerra ciclo de TACs em acordo fraco com Algar

Depois de fracassar na troca de multas por investimentos com Oi, Vivo e Claro, agência contabilizou sucesso somente com a TIM e permitiu à Algar cortar mais da metade do acerto inicialmente firmado. 

Anatel renova faixa de 850 MHz para Vivo, mas nega pedido de redução de preço

Empresa renovou apelo ao regulador para que fosse aplicada a regra do preço público ou ônus de 2%, ambos abaixo do valor de mercado.

STF julga inconstitucionais leis de BA e RJ sobre créditos pré pagos e cobrança de serviços

Mais uma vez, Supremo ressaltou que, ainda que importantes ações em defesa dos consumidores, normas estaduais não podem invadir a competência privativa da União de legislar sobre telecomunicações. 

Portabilidade: Claro é a tele com mais adesões. Oi e TIM cedem assinantes

Oi, na fixa, e TIM, na móvel, foram as operadoras que mais cederam assinantes com a possibilidade de troca de empresa mantendo o mesmo número. Já a Claro foi a operadora que mais ganhou clientes nos 12 anos do serviço.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G