Clicky

Home - Convergência Digital

Ministério da Justiça multa TIM em R$ 800 mil por bloqueio após franquia

Luís Osvaldo Grossmann - 19/06/2020

A Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça, aplicou a multa de R$ 800 mil contra a TIM. A Senacon acusa a operadora de violação do dever de informação e publicidade enganosa decorrentes do bloqueio de acesso à internet após o esgotamento de franquia de dados. O processo foi iniciado em 2015.

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor questiona a adoção das medidas de redução da velocidade e posterior suspensão do serviço depois de esgotada a franquia prevista contratualmente e alega que a TIM não informou devidamente os clientes sobre o assunto. 

“Do modo como ocorreu a alteração, sem a devida informação aos consumidores de forma clara e inequívoca, o fornecedor ofendeu vários direitos básicos previstos no Código de Defesa do Consumidor”, alega o DPDC no processo administrativo. 

A TIM evitou comentar. Em nota, “informa que ainda não recebeu notificação do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor e seguirá com as medidas cabíveis após tomar conhecimento do teor da decisão”. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/06/2021
Cade aprova venda do controle da empresa de fibra da TIM para IHS

15/06/2021
TIM emite R$ 1,6 bilhão em debêntures vinculadas à ESG

15/06/2021
Banco Cetelem é multado em R$ 4 milhões por uso indevido de dados pessoais

07/06/2021
Justiça de São Paulo rejeita recurso da Apple e mantém multa de R$ 7,7 milhões por FaceApp

27/05/2021
Reclamações contra telemarketing crescem 76% até abril

19/05/2021
Anatel tem vagas abertas no Comitê de Defesa dos Usuários de telecom

11/05/2021
Senacon decide investigar Mercado Livre por venda de livros “piratas”

06/05/2021
À pedido da Sky, Anatel libera cobrança antecipada em serviços de telecom

06/05/2021
TIM: Oi móvel é uma operação de venda para resolver um problema do setor

06/05/2021
TIM cansa de esperar teles e faz carreira solo na carteira digital

Destaques
Destaques

IBM: Com 5G e Edge, redes das teles serão plataformas definidas por software

Só assim as operadoras de telecomunicações vão ser capazes de suportar as novas aplicações e terão como monetizar volumes crescentes de dados habilitados para o 5G e edge aponta estudo global da IBM, conta a líder de serviços de consultoria para a indústria de mídia e Telecomunicações da IBM América Latina, Marisol Penante.

GSMA faz ofensiva para reverter decisões a favor do Wi-Fi na faixa de 6GHz

Associação da indústria móvel admite, porém, que os países, na sua maioria, estão decidindo por dar a faixa de 6GHz, com 1200 Mhz, para os serviços não-licenciados, mas adverte: o 5G vai precisar de 2GHz de espectro na próxima década para oferecer todo o seu potencial.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Serviços de Valor Agregado são a aposta das teles para lucrar com 5G

Por Luiz Pereira*

Em tempos nos quais o serviço de conexão já virou commodity, companhias do setor precisam diversificar ofertas para aproveitarem nova tecnologia.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site