SEGURANÇA

STF vai julgar acordo de compartilhamento de dados entre Serpro e ABIN

Convergência Digital* ... 19/06/2020 ... Convergência Digital

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) ajuizou, no Supremo Tribunal Federal (STF), a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 695, com pedido de suspensão do compartilhamento de dados dos mais de 76 milhões de brasileiros que possuem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) com a Agência Brasileira de Inteligência (Abin). A ADPF foi distribuída ao ministro Gilmar Mendes, que solicitou informações à União a serem prestadas em até 48 horas.

Com base no Decreto 10.046/2019, que dispõe sobre o compartilhamento de dados no âmbito da administração pública federal, a Abin e o Serpro firmaram acordo para o compartilhamento de informações como nome, filiação, endereço, telefone, dados dos veículos e foto de todo portador de carteira de motorista no país. O partido sustenta que a medida viola o direito à privacidade, à proteção de dados pessoais e à autodeterminação informativa, além de afrontar a dignidade da pessoa humana.

Segundo o PSB, o compartilhamento não se enquadra nas hipóteses previstas no Decreto 10.046/2019 nem encontra respaldo na legislação que rege a atuação da agência de inteligência. A transferência “massiva e indiscriminada” de dados estaria sendo operacionalizada sem transparência e à revelia dos titulares, que não receberam qualquer informação sobre o compartilhamento nem qualquer esclarecimento sobre o tratamento a ser realizado pela Abin. Para o partido, a medida subverte a finalidade para a qual os dados pessoais foram inicialmente coletados, destinando-os a um órgão e a um propósito inteiramente incompatíveis com a motivação original.

* Com informações do STF


Prejuízo médio com violação de dados sobe para R$ 5,8 milhões no Brasil

Estudo da IBM mostra que o aumento no valor foi de 10,5% em relação a 2019. O levantamento traz uma advertência: aumentou o prazo para contenção do vazamento nas empresas para 115 dias. Credenciais roubadas ou nuvens com configurações incorretas foram as brechas para as invasões.

Segurança digital faz Oi ultrapassar a marca de 125 mil elementos monitorados em SOCs

SOCs, localizados no Rio de Janeiro e São Paulo, dão suporte à jornada digital de clientes públicos e privados e registrou um crescimento de 132% nas vendas de serviços gerenciados voltados à transformação digital.

PGFN alerta que é alvo de tentativa de fraude

Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional informa que nunca entra em contato para pedir doações ou para tratar de questões como pagamento de benefícios e auxílios ou restituição e resgate de valores.

Por Covid-19, biometria é excluída das eleições 2020 pelo TSE

Decisão foi tomada pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luis Roberto Barroso, em função do risco de contágio da Covid-19. Os leitores lde impressões digitais não podem ser higienizados a cada utilização, o que seria um risco considerável.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G