Clicky

NEGÓCIOS

Bancos mostram apetite e orçamento de TI chegou a R$ 24,6 bilhões em 2019

Ana Paula Lobo ... 18/06/2020 ... Convergência Digital

Os bancos reforçaram o investimento e aumentaram a despesa com Tecnologia da Informação em 2019 e se mantiveram, com larga vantagem, no posto de maiores investidores em TI do Brasil. Segundo dados apurados pela pesquisa Febraban 2020, as instituições financeiras investiram R$ 8,6 bilhões, em 2018 foram R$ 5,8 bilhões, e aportaram R$ 16 bilhões em despesas, quando em 2018 foram R$ 14 bilhões.Os dados foram revelados em uma coletiva online realizada nesta quinta-feira, 18/06.

As instituições financeiras seguem classificando software e serviços como despesas, mas foi exatamente no software a maior parcela de aporte: 54% do total, ou R$ 13,2 bilhões. São quase R$ 3 bilhões a mais que em 2018 e  boa parte desse montante foi destinado para as novas tecnologias como análise de dados, inteligência artificial e outras.

"Com os negócios cada vez mais digitais, os bancos sabem que tecnologia é ainda mais crucial e envolve muito desenvolvimento, o que supõe software, e serviço ágil. Outro ponto forte: a digitalização exigiu mais investimento e também impôs mais despesas. O correntista quer ser digital", afirma o diretor de Tecnologia da Febraban, Gustavo Fosse.

O executivo lembra que a digitalização exige ainda a convivência do legado e das novas tecnologias. "Por isso, o bom e velho Cobol convive com os projetos de nuvem, que avançam, apesar de a pesquisa não contabilizar", adiciona Fosse. Ainda de acordo com o diretor, ser digital não significa querer tirar o cliente da agência. "Isso não existe. Os bancos querem que o correntista faça sua transação no canal que escolher", disse.

De acordo ainda com Gustavo Fosse, impactaram no orçamento de TI, a compra de ATMs (caixas eletrônicos) com recurso de reciclagem de dinheiro; novas ferramentas de software para automação de processos e análise de dados, além da compra de equipamentos para os funcionários e a modernização dos mainframes, ainda essenciais por conta da alta capacidade de processamento de dados.

A Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária também revelou que as transações bancárias cresceram 11% em 2019, registrando 89,9 bilhões de operações. Deste total, 39,4 bilhões, ou 44% do total, correspondem a operações feitas pelo mobile banking, que a cada ano vem ganhando a preferência do consumidor brasileiro para suas transações financeiras.

No CIAB 2020 - que tinha sido cancelado por conta da pandemia - mas que ganhou uma versão 100% online de 23 a 25 de junho - a Febraban vai vai divulgar uma pesquisa sobre o uso de tecnologia nos primeiros quatro meses de 2020 para dar uma ideia do impacto da pandemia de Covid-19 nos investimentos. Mas Gustavo Fosse sustenta: os investimentos devem ter se multiplicado para atender a demanda da digitalização.

A Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária foi feita com 22 bancos, que representam 90% dos ativos da indústria bancária. O estudo, já em sua 28ª edição, traz uma radiografia e tendências do comportamento do setor financeiro no que se refere aos investimentos e uso da tecnologia, bem como a relação dos consumidores com os canais de atendimento. A pesquisa pode ser acessada aqui: http://portal.febraban.org.br/pagina/3106/48/pt-br/pesquisa


Cloud Computing
TecCloud reforça segurança de dados com a Palo Alto Networks

Fornecedora de serviços de data center e infraestrutura contratou dois clusters de firewall para reforçar a confiabilidade da transmissão de dados para clientes da saúde e financeiro.

Intelbras quer R$ 1,242 bilhão com IPO e ir às compras para crescer

Empresa, com sede em Santa Catarina, lançou o segundo protocolo na CVM para fazer a sua oferta pública de ações no mercado. Objetivo é avançar em software e hardware como serviço para expandir atuação n varejo.

Diebold Nixdorf: Dinheiro em espécie não vai morrer tão cedo

Fabricante de ATMS aposta na renovação do parque com a adoção de recicladores, capacitados para contar as cédulas depositadas, substituindo o processo atual, no qual o dinheiro é depositado em envelopes.

Oracle: Banco do futuro será ‘phygital’

Uma nova roupagem com o mix do físico com o digital é a grande tendência, diretor de indústria e inovação para instituições financeiras da Oracle, Ramon Carcolé Sans.

Nuvem e notebooks impulsionam cresimento de 20% para Informática em 2021

Há uma forte demanda por servidores e storage, revelou o diretor de Informática da Abinee, Maurício Helfer. "O custo da pandemia já foi pago em 2020", afirmou o presidente da Abinee, Humberto Barbato.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G