Clicky

Convergência Digital - Home

Oi vende inteligência de dados para as empresas

Convergência Digital
Convergência Digital* - 15/06/2020

A Oi Soluções, provedora e integradora de soluções digitais para o mercado corporativo, apresenta o Oi Ads, seu serviço de venda de espaços publicitários nos canais digitais da companhia integrado com tecnologias de Big Data & Analytics para a entrega de mídia segmentada para anunciantes e marcas. O lançamento marca mais uma importante iniciativa da Oi Soluções na ampliação do seu portfólio de serviços digitais para o mercado B2B.

O Oi Ads conta com as tecnologias smart message, push notifications, data rewards, SMS, entre outras, além do WiFi, que combinadas com a inteligência de análise de dados de um universo de 35 milhões de pessoas, permite aos clientes corporativos, de todas as verticais de negócio, obter uma análise assertiva para a realização de campanhas, entregando a melhor mensagem e formato para o público-alvo.

“A plataforma conta com o know-how de tecnologia e inteligência de dados da Oi Soluções e possibilita as empresas potencializar os seus negócios com insights e uma melhor performance de campanhas de forma segura protegendo as suas marcas. Nossa estratégia é nos tornamos um player no mercado de mídia digital para anunciantes, com a estruturação de processos e plataforma, além da expertise em TI”, afirma Adriana Viali, diretora da Oi Soluções.

O serviço possui duas modalidades, sendo a primeira a venda de publicidade direta, com a Oi Soluções realizando toda a gestão das campanhas. Já a segunda, de forma pioneira, a Oi se torna a primeira operadora a disponibilizar uma plataforma de self-service advertising, onde anunciantes e marcas podem criar e gerir as suas próprias campanhas, entregando conteúdo diretamente nos canais da companhia.

A solução foi desenhada tendo como premissa a privacidade de dados como padrão, desde a sua concepção, seguindo o conceito de “Privacy by Design”, e também é lançada ao mercado com as configurações de privacidade no modo mais restrito possível, seguindo o conceito de “Privacy by Default”.

 “Desenvolvemos um serviço de vendas apto para a entrega de mídia ultra segmentada que visa performance, seja no aumento de receita ou na inteligência do negócio. O Oi Ads possui a capacidade de captar leads qualificados, entregar recompensas em forma de pacote de dados aos clientes, entre outros benefícios”, diz Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing da Oi Soluções.


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Diversidade e Ciência de Dados: um desafio ao Brasil

Mais mulheres precisam ocupar carreiras em Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática pelo bem do País, incentiva a embaixadora da Women in Data Science da USP (WiDS @USP), Renata Sousa.

Destaques
Destaques

Palo Alto: É um erro enorme repetir o passado e não tornar a nuvem aberta de verdade

"A nuvem tem de ser aberta, multicloud e não ter complexidade para os sistemas se falarem. Fizemos isso lá trás e foi um prejuízo. Não podemos errar porque nuvem é crucial no 5G", adverte Marcos Oliveira, diretor geral da Palo Alto Networks no Brasil. A empresa aposta suas fichas no 5G e num novo desenho para o mercado de segurança de redes.

Nuvem exige plano A, plano B e erra quem não faz recuperação de desastre

A nuvem não é proteção por si só e exige muito planejamento das empresas, afirmam especialistas de segurança da informação. Para o CISO da RNP, Emilio Nakamura, contingência e resiliência são obrigações. "Ser rápido num incidente é o relevante porque não existem sistemas 100% seguros".



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.

O caminho da cibersegurança passa pela nuvem

Por Felipe Canale*

Com organizações cada vez mais distribuídas, manter dispositivos em todos os locais ou usar produtos diferentes para trabalhadores remotos cria inúmeras brechas de segurança, além de custar muito e sobrecarregar os recursos de TI.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site