NEGÓCIOS

Empresa de software nacional internacionaliza e abre mercado nos EUA

Convergência Digital* ... 08/06/2020 ... Convergência Digital

A DB1 Global Software, especializada no desenvolvimento de software e tecnologias sob demanda e parte do Grupo DB1, formado por empresas brasileiras de tecnologia com sedes no Brasil, Argentina e Estados Unidos, que criou o robô Tinbot, entre outros, iniciou sua expansão internacional com foco no mercado americano e fechou seu primeiro contrato com um cliente internacional, uma grande empresa do setor de health, wellness e fitness.

A porta de entrada para a expansão da DB1 Global Software para o Estados Unidos conta com parceria da Accelerance, uma consultoria especializada em terceirização global de software. O objetivo é ajudar empresas em todo o mundo a reduzir os riscos com terceirização de desenvolvimento de software por meio de serviços de consultoria e uma grande rede de equipes de desenvolvimento de software certificadas.

Até hoje, a Accelerance examinou mais de 8.000 empresas globais de software para encontrar 250 parceiros que se qualificam em mais de 200 critérios. E a DB1 foi reconhecida como Certified Partner e está entre um grupo seleto de 3% das empresas de desenvolvimento de software com melhor classificação no mundo, conhecidas como Rede Global da Accelerance. No Brasil, apenas três empresas fazem parte da rede de parceiros da consultoria americana.

Ryan Schauer, Partner Success Manager na Accelerance, explica que “a DB1 é uma empresa única e está altamente capacitada para a conquista de muitos clientes americanos para seu portfólio. Em nossa visita a sede da empresa, em Maringá, antes da pandemia, ficamos bastante impressionados com os processos consistentes para a entrega ao cliente. Temos grandes expectativas em relação a qualidade da DB1 e o fit com o mercado americano”, explica.

Para Wagner Moreira Lopes, coordenador de expansão internacional da DB1 Global Software, “vemos grande sinergia entre as duas empresas, principalmente no que diz respeito a processos e qualidade. Estamos em processo de aceleração e prontos para conquistar uma fatia maior do mercado americano. Estou certo de seremos muito competitivos e a Accelarance nos ajudará a chegar lá”. Fazem parte da carteira de clientes da DB1 Global Software empresas como Neon, PagBem, Ebanx, CNA, Biolab, Omni, Brookfield Ambiental, Senac - MS, BRDE, It’s Seg, Softplan, Sancor Seguros, Treetech, Gazin, Dejú, MadeiraMadeira, Consiga+, Plaenge, Kyani, entre outros.


Cloud Computing
DNIT assume dívida de R$ 21,3 milhões com o Serpro por serviços de TIC

Entre os serviços no rol das pendências está a oferta de dados como serviço (Quarzo), conforme revela o reconhecimento da dívida feita pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Diário Oficial da União.

ARTIGO . Por Melissa Torgbi

Cientista de dados: seja curioso, se envolva e tenha muita disposição para resolver problemas

Há muita empolgação acerca do termo “ciência de dados” atualmente. Para nós que queremos ser cientistas de dados, há alguns requisitos. Um deles: ter muita, mas muita vontade de aprender o tempo todo.

Unicórnio brasileiro avança operações de pagamento para décimo país

Ebanx anunciou que também vai processar pagamentos no Uruguai. "Unicórnio" com mais de US$ 1 bi, empresa está também no México, Colômbia, Argentina, Chile, Peru, Bolívia, Equador e Uruguai, além do Brasil.

Finplace amplia em mais de 200% a oferta de crédito para PMEs

Criada no final do ano passado, a plataforma já movimentou mais de R$ 50 milhões e contabiliza 108 financiadores e uma carteira com mais de 500 clientes.

Se a bitcoin fracassar, o blockchain morre abraçado

FastBlock, empresa brasileira especializada em mineração por serviço, compra data center nos EUA para acelerar a mineração das criptomoedas. Ao Convergência Digital, o CEO Bernardo Schucman, adverte: Brasil não abre espaço à inovação. Sobre a credibilidade da bitcoin, o executivo diz que o estigma é concorrencial. "O velho mundo rejeita o novo. Golpes existem desde sempre. O que é a gangue do boleto?".

No Brasil, 65% das empresas estão bem longe das regras da LGPD

Índice LGPD ABES mostra ainda que 40% das companhias brasileiras sofreram incidentes de violação nos últimos dois anos e 80% assumem que fazem, sim, coleta de dados sigilosos. "Não há mais tempo a perder", adverte o consultor da EY, Marcos Sêmola.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G