Convergência Digital - Home

Com Serpro, AWS ataca duas pontas dos contratos de nuvem no governo

Convergência Digital
Luís Osvaldo Grossmann - 02/06/2020

A gigante global de serviços em nuvem AWS correu na frente e se posicionou em duas frentes para atender a transformação digital do governo brasileiro. De um lado, em um acordo com a Claro/Embratel, se tornou a primeira fornecedora direta em contratos acompanhados pela Secretaria de Governo Digital. E foi a primeira a se garantir na multinuvem que o Serpro passa a oferecer aos órgãos públicos. 

“Conseguimos atender muitos dos requisitos da Estratégia de Governo Digital 2020-2022 e muitos serviços poderão ser complementados e implementados usando essa parceria, pela transformação digital do governo brasileiro”, festejou nesta terça, 2/6, o diretor de setor público da AWS no Brasil, Paulo Cunha, durante apresentação online do acordo AWS/Serpro. 

O presidente do Serpro, Caio Paes de Andrade, adiantou que o objetivo é oferecer um cardápio de serviços de nuvem para os clientes, posicionando a empresa como broker. “O que o Serpro se propõe a fazer é ser um vetor importante, um pilar da transformação digital do Estado brasileiro”, afirmou. 

A AWS fornece a ‘nuvem’ que sustenta os contratos ganhos pela Claro/Embratel no que é a primeira nuvem pública do governo federal, com 23 órgãos. Mas via Serpro o potencial é até maior. Se o atendimento dos 23 órgãos em nuvem pública envolveu contratos que somam cerca de R$ 55 milhões, o acordo com o Serpro prevê até R$ 71,2 milhões em cinco anos. E segundo o diretor de operações da estatal, Antonino dos Santos Guerra, mais de uma centena de novos clientes estão em prospecção. 

Até por isso, demais fornecedores de nuvem virão para o guarda-chuva do Serpro. “Outros parceiros virão, porque a característica da nuvem de uma empresa como Serpro, de governo, é que a gente tenha mais de um parceiro para prestar o serviço. Todos os eventuais suspeitos estão à mesa. Estamos conversando com todos que tem nuvem desse nível, com alta tecnologia e segurança”, reconheceu Caio Paes de Andrade. Estão na fila acordos semelhantes com Huawei, Microsoft, Google, Oracle e IBM. 

São acordos mais ágeis, em resposta à queixa de demora dos processos pela via estatal. “O setor público, pelas regras que tem que obedecer, acaba ficando lento, e a tecnologia voando. Se não conseguirmos fazer as parcerias não vamos conseguir fazer frente aos desafios que serão colocados. Para isso é muito importante a Lei das Estatais”, explicou o presidente do Serpro. 

Firmado a partir do chamamento público aberto pela estatal ainda em 2019, os acordos são no modelo de parceria de negócios, sem licitação. Significa que Serpro e AWS, por exemplo nos termos já firmados, vão dividir as receitas a partir da venda dos serviços em nuvem. 


Destaques
Destaques

Havaianas priorizaram data analytics da SAP para enfrentar a crise

A tecnologia foi crucial para transformar os negócios, contou o CEO da Alpargatas, Roberto Funari, ao participar do SAPPHIRE NOW Reimagine.“As empresas estão passando por um grande teste de reputação, nunca elas estiveram tão expostas", reforçou o executivo.

Uso da nuvem vai triplicar no governo federal

“Para 2020, 140 órgãos diferentes sinalizaram intenção de contratar, sendo R$ 86 milhões em renovações e R$ 159 milhões em novos contratos”, revela o secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.

Jornada para a nuvem: evite as armadilhas e faça a coisa certa

Por Fábio Kuhl*

Até bem pouco tempo, a nuvem era inovação, hoje me arrisco a dizer que, em breve, uma commodity.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site