Clicky

INOVAÇÃO

IA feita no Brasil salva vidas ao monitorar três milhões de pacientes

Ana Paula Lobo e Luís Osvaldo Grossmann ... 26/05/2020 ... Convergência Digital

Para viabilizar um ecossistema propício ao desenvolvimento da Inteligência Artificial no Brasil, o professor da Universidade Federal de Goiás, Anderson Soares, defende uma profunda integração da academia com o setor privado. A relação é positiva tanto para gerar soluções efetivas para problemas reais do mercado como alimenta o conhecimento acadêmico. 

Em entrevista para o Convergência Digital Em Pauta, Soares mostra resultados dessa combinação: soluções em uso baseadas em teses de mestrado. Caso do sistema de inteligência artificial que avalia a probabilidade de crises em doentes crônicos, que já monitora 3 milhões de pacientes. 

“É uma solução muito original, um golaço da ciência brasileira, vencedora do prêmio Johnson & Johnson de inovação no ano passado. A solução é usada em operadoras de saúde consegue saber com seis a 12 meses de antecedência quais os pacientes crônicos terão uma fase aguda”, explica o professor. A ferramenta incentiva os atendimentos preventivos, de forma eletiva, sem os custos de emergência. "Temos um caso prático. Uma senhora foi salva depois de descobrir que estava com 99% de obstrução coronária e foi possível detectar antes de um infarto. Salvou a vida dela", comora.

Também em implantação prática está o sistema desenvolvido para correção de provas no ensino público de Goiás. “Hoje não sabemos se divergência da máquina, da solução de inteligência artificial, é um erro ou é da própria divergência entre os corretores humanos. Porque comparado ao corretor humano ela dá uma divergência entre 50 a 80 pontos. Mas 80 pontos também é a divergência média entre corretores humanos.”

Para o professor da UFG, o empreendedorismo precisa andar junto do ensino. “Existem grandes projetos no varejo, na energia, na saúde acontecendo. A Inteligência Artificial chegou para ficar", sustenta. Assistam a participação do professor Anderson Soares no Convergência Digital em pauta.


Cloud Computing
Stone promove desafio de Data Science para capacitar profissionais

Em sua primeira edição, a competição Data Challenge permite imersão de competidores no dia a dia dos engenheiros e cientistas de dados da empresa. Prêmios vão até R$ 60 mil em educação. Inscrições estão abertas até o dia 15 de março.

No Brasil, 75% confiam mais em robôs que em humanos em questões financeiras

Estudo  indica que os brasileiros confiam mais na inteligência artificial do que neles mesmos para cuidar de dinheiro. 

Lei de Informática: governo faz ajustes que facilitam incentivos à pesquisa

Decreto recupera contabilização de dispêndios até março do ano seguinte e permite regime distinto, trimestral ou anual, por diferentes unidades do mesmo grupo. 

Câmara aprova marco legal das startups

Entre as inovações, empresas iniciantes poderão ser beneficiadas por regras diferenciadas de agências regulatórias como a Anatel. Texto vai ao Senado.

Ericsson processa Samsung por patentes em briga de até R$ 900 milhões

Impacto faz parte da projeção da fabricante sueca no lucro com royaltes que pode deixar de receber no trimestre.  Essa não é a primeira batalha entre as empresas. Em 2012, a Samsung pagou US$ 650 milhões à Ericsson.

Huawei: setor elétrico tem de priorizar cibersegurança para evitar apagões

Flávio Hott, gerente de produto para Energia da fabricante, disse ainda que smart grids em 4G, e depois no 5G, são investimentos efetivos para melhorar o desempenho operacional das redes.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G