Convergência Digital - Home

Microsoft muda serviço de nuvem para atender hospitais

Convergência Digital
Convergência Digital* - 20/05/2020

A Microsoft anunciou nesta terça-feira, 19/05, que planeja lançar uma versão modificada de sua plataforma de computação em nuvem para atender às necessidades das organizações de saúde. A empresa vai reunir todas as tecnologias em um pacote chamado “Microsoft Cloud for Healthcare”, que permitirá que os hospitais armazenem dados captados durante interações com pacientes.

Por exemplo, um paciente pode primeiro visitar o site do portal de pacientes de uma organização de serviços de saúde. As perguntas iniciais seriam respondidas por um chatbot programado por profissionais de saúde, mas depois encaminhadas a um agente de serviço que poderia fazer mais perguntas e agendar uma consulta virtual com enfermeiros ou médicos. Essa visita poderia ser realizada pela ferramenta de videoconferência da companhia, Microsoft Teams.

Se o paciente vier pessoalmente a uma clínica para uma consulta de acompanhamento, todos os dados das interações anteriores estarão disponíveis para o profissional de saúde que o atender. A Microsoft disse que pretende oferecer o sistema de saúde como um teste gratuito nos próximos seis meses. A empresa também planeja oferecer no futuro mais software de computação em nuvem específicos para determinados setores, mas não informou quais seriam esses setores.

* Com informações da Reuters


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Startup cria time de cientistas de dados para avançar nos negócios

Com sede nos EUA, a Fligoo atua nos segmentos de finanças, educação e saúde, e sabe da relevância de ter profissionais capacitados para lidar com os dados. "Prepare-se o tempo todo. Estude. Não espere a necessidade chegar", aconselha Leandro Ferrado.

Destaques
Destaques

Quase metade das empresas vai investir em edge computing na América Latina

Pesquisa da IDC Brasil, realizada para a Oi Soluções, revela ainda que 66% das empresas deverão ativar digitalmente seus modelos operacionais e terão o trabalho remoto incluído de forma permanente em suas políticas de recursos humanos.

Eletrobras contrata Analytics para acelerar jornada digital

Estatal, responsável por 1/3 da capacidade elétrica do Brasil, quer usar os dados para manter as melhores práticas de governança e investir em IoT, chatbots e robôs.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.

O caminho da cibersegurança passa pela nuvem

Por Felipe Canale*

Com organizações cada vez mais distribuídas, manter dispositivos em todos os locais ou usar produtos diferentes para trabalhadores remotos cria inúmeras brechas de segurança, além de custar muito e sobrecarregar os recursos de TI.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site