GESTÃO

INSS cria novos serviços digitais para substituir atendimento presencial

Convergência Digital ... 15/05/2020 ... Convergência Digital

Uma portaria publicada do Instituto Nacional do Seguro Social estabeleceu novos serviços sob o formato digital em reação à pandemia da Covid-19 e da suspensão do atendimento em agências da Previdência Social. A ideia é que esses novos procedimentos sejam feitos somente no formato eletrônico. 

A Portaria, assim, altera o catálogo de serviços do sistema de agendamento, SAG Gestão, “em razão da suspensão do atendimento presencial nas Agências da Previdência Social, possibilitando o acesso aos serviços pelos usuários do INSS remotamente durante o estado de emergência de saúde pública”. 

Com a medida publicada nesta sexta, 15/5, foram criados os novos serviços do tipo tarefa, Cálculo de Contribuição em Atraso, Emissão e/ou Cálculo de GPS; Atualização de Código de Atividade; e Transferir Benefício para Conta Corrente. A Portaria estabelece, assim, ajustes para viabilizar o atendimento online. 

Por conta disso, fica também determinado que o atendente da Central 135 comunicará ao requerente que poderá anexar a documentação que julgar pertinente a análise do pedido pelo aplicativo MEU INSS. Sempre que as informações prestadas pelo requerente nos campos adicionais não forem suficientes à conclusão da análise, deverá ser cadastrada exigência ao segurado.


Carreira
Empresa do iFood, SiteMercado, abre 80 vagas para área de TI e produto

As vagas são para product owner, coordenador técnico, desenvolvedor Full Stack pleno e sênior, desenvolvedor mobile sênior, UX designer, tester, DBA (SQL Server), analista de dados e SRE.

Governo busca interesse dos órgãos federais em postos para carros elétricos

Acordo entre o governo federal e o governo do Distrito Federal já prevê a instalação de seis ‘eletropostos’, mas demanda pode aumentar esse número.

Governo chega à marca de 1 mil serviços públicos digitalizados

Desempenho mantém em curso a meta de digitalização total de 3,8 mil serviços até 2022. 

Intelit: LGPD não é um único software que vai resolver tudo

A governança do processo de dados é crucial para uma boa implementação da legislação, sustenta o CEO da Intelit, Lincoln dos Santos Pinto. Segundo ele, o atraso da grande parte das empresas decorre da falta de dinheiro e da incerteza sobre a vigência da lei.

Intelit: Compras públicas têm de abrir espaço à inovação e às startups

O CEO da prestadora de serviços de TI, Lincoln dos Santos Pinto, observa que um processo de compra pública leva em torno de seis meses, o que atrasa a inovação. Sobre a venda do Serpro e Dataprev, lembra da LGPD e defende o Estado como tutor dos dados pessoais do cidadão.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G