NEGÓCIOS

Covid-19 fez produção da indústria eletroeletrônica recuar 9,1% em março

Convergência Digital* ... 06/05/2020 ... Convergência Digital

A produção da indústria eletroeletrônica caiu 9,1% no mês de março de 2020 em relação ao mês imediatamente anterior, conforme dados do IBGE agregados pela Abinee, com ajuste sazonal. O resultado já começa a refletir os efeitos da pandemia de Covid-19, que chegou no Brasil em março deste ano.

˜Já esperávamos esse desempenho com base em sondagens que havíamos feito junto às empresas do setor. Em abril, teremos uma nova queda, provavelmente ainda mais aguda, em função do início das medidas de isolamento social no País", diz o presidente executivo da Abinee, Humberto Barbato. Essa foi a maior queda mensal apontada desde maio de 2018 (-12,3%), período em que ocorreu a greve dos caminhoneiros.

A retração apontada em março de 2020 foi a segunda queda consecutiva na produção do setor, que já havia recuado 5,5% em fevereiro. Vale lembrar que, naquele mês, a queda na produção de produtos eletrônicos foi influenciada, principalmente, por problemas no recebimento de materiais, componentes e insumos da China, uma vez que o novo coronavírus ainda não havia chegado ao Brasil.

Ao comparar com março de 2019, a produção do setor recuou 0,3%, com retração de 1,6% na área elétrica e aumento de 1,2% na área eletrônica. No acumulado de janeiro a março de 2020 a produção industrial do setor eletroeletrônico recuou 0,4%. Esse resultado foi consequência da queda de 1,7% da área eletrônica e da elevação de 0,8% da área elétrica.


ARTIGO . Por Melissa Torgbi

Cientista de dados: seja curioso, se envolva e tenha muita disposição para resolver problemas

Há muita empolgação acerca do termo “ciência de dados” atualmente. Para nós que queremos ser cientistas de dados, há alguns requisitos. Um deles: ter muita, mas muita vontade de aprender o tempo todo.

Unicórnio brasileiro avança operações de pagamento para décimo país

Ebanx anunciou que também vai processar pagamentos no Uruguai. "Unicórnio" com mais de US$ 1 bi, empresa está também no México, Colômbia, Argentina, Chile, Peru, Bolívia, Equador e Uruguai, além do Brasil.

Finplace amplia em mais de 200% a oferta de crédito para PMEs

Criada no final do ano passado, a plataforma já movimentou mais de R$ 50 milhões e contabiliza 108 financiadores e uma carteira com mais de 500 clientes.

Se a bitcoin fracassar, o blockchain morre abraçado

FastBlock, empresa brasileira especializada em mineração por serviço, compra data center nos EUA para acelerar a mineração das criptomoedas. Ao Convergência Digital, o CEO Bernardo Schucman, adverte: Brasil não abre espaço à inovação. Sobre a credibilidade da bitcoin, o executivo diz que o estigma é concorrencial. "O velho mundo rejeita o novo. Golpes existem desde sempre. O que é a gangue do boleto?".

No Brasil, 65% das empresas estão bem longe das regras da LGPD

Índice LGPD ABES mostra ainda que 40% das companhias brasileiras sofreram incidentes de violação nos últimos dois anos e 80% assumem que fazem, sim, coleta de dados sigilosos. "Não há mais tempo a perder", adverte o consultor da EY, Marcos Sêmola.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G