GESTÃO

Dataprev verificou 44,9 milhões de pedidos ao Auxílio Emergencial

Convergência Digital* ... 04/05/2020 ... Convergência Digital

A Dataprev atingiu 97,7% de conclusão do processamento e análise dos requerimentos realizados no aplicativo da Caixa e no portal auxilio.caixa.gov.br (Grupo 1). Dos 46 milhões de solicitações, a empresa transmitiu o resultado de 44,9 milhões ao banco, após homologação do Ministério da Cidadania. Os cadastros são referentes ao período de 7 a 22 de abril e o último lote de informações foi enviado, na quarta-feira, 29/4, com 4 milhões. O restante foi encaminhado em vários lotes à instituição.

Atualmente, 2,3% do total do Grupo 1 estão em processamento adicional em função da complexidade de cenários e cruzamentos. São 1,04 milhão de solicitações: 38 mil cadastros concluídos entre 7 a 10 de abril; 1 mil, de 11 a 17 de abril; e 1 milhão, de 18 a 22 de abril – lote recebido na semana passada. Os técnicos seguem dedicados à conclusão da análise das informações.

Desde o início do processo de indicação do reconhecimento do direito do cidadão, que começou no dia 3 deste mês, 97 milhões de cadastros passaram pelos sistemas de conferência da Dataprev e foram homologados pelo Ministério da Cidadania, incluindo os três grupos descritos na Lei n. 13.982 de 2 de abril de 2020 (Informais, Bolsa Família e Cadastro Único). Até hoje, em média, foram 3,5 milhões de análises diárias e 4,9 milhões de cadastros por dia útil. “Estamos trabalhando sem pausas para garantir que os resultados cheguem à Caixa o quanto antes. Técnicos da Dataprev e do Ministério da Cidadania seguem dedicados com o empenho que a situação exige”, destacou o presidente da Dataprev, Gustavo Canuto.

Do total homologado (97 milhões), 50,5 milhões foram classificados pelos órgãos como elegíveis – atenderam aos critérios da lei. Já 32,8 milhões foram considerados inelegíveis e 13,7 milhões estão inconclusivos – ou seja, necessitam de complemento cadastral. As informações são referentes aos cadastros efetuados entre 7 e 22 abril e os cidadãos podem acompanhar esses resultados pelo portal da Caixa e aplicativo do auxílio emergencial. Aqueles que não concordarem com as análises, também podem solicitar novo requerimento.

Segundo a Caixa, até quinta-feira, 30/4, o número de brasileiros com o auxílio emergencial chegou a 50 milhões e o crédito foi de R$ 35,5 bilhões. 

Mais de 95 milhões de cidadãos poderão ser beneficiados pelo Governo Federal. Isso porque o número contempla os 50,5 milhões de CPFs elegíveis e os membros das suas famílias. No total, 20,5 milhões de CPFs elegíveis pertencem ao Grupo 1, composto por Microempreendedores Individuais (MEIs), Contribuintes Individuais (CIs) e trabalhadores informais. Já 19,2 milhões de CPFs são do Grupo 2, que compõem os inscritos no Cadastro Único e beneficiários do Programa Bolsa Família. E os outros 10,8 milhões de CPFs estão no Grupo 3, englobando o CadÚnico, mas não participam do programa de transferência de renda.

Está prevista para esta semana a finalização do processamento dos requerimentos apresentados entre os dias 23 e 30 de abril, por meio do aplicativo e portal da Caixa (Grupo 1).

* Com informações da Dataprev


Petrobras adota satélite de baixa órbita para reduzir tempo de transmissão de dados

Estatal contratou satélites de órbita média terrestre para reduzir em 75% a transmissão de dados. Tecnologia vai ser usada em outras oito plataformas da Petrobras, instaladas nos campos de Búzios, Lula, Berbigão e Atapu.

Apenas 15% das PMEs conseguiram crédito durante pandemia de Covid-19

Pesquisa do SEBRAE, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, mostra que apenas 1 milhão das pequenas e médias empresas conseguiram recursos bancários por falta de garantia e/ou nome negativado. Venda por aplicativos e pela Internet foi a saída para evitar o fechamento dos negócios.

MP que adota biometria e revê certificado digital tem 76 emendas no Congresso

Entre as propostas, gratuidade de certificados digitais para brasileiros inscritos no Cadastro Único dos Programas Sociais.

eSocial: Recolhimento previdenciário de maio adiado para novembro

Gestão do sistema avisa que vai ajustar a DCTFWeb para emitir DARF com os novos vencimentos. 




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G