Convergência Digital - Home

TIM elege Google Cloud para big data, machine learning e inteligência de negócios

Convergência Digital
Convergência Digital* - 24/04/2020

A TIM Brasil fechou um acordo com o Google Cloud para utilizar o Google Cloud Platform (GCP) como sua plataforma estratégica de nuvem para Big Data, inteligência de negócios e aprendizado de máquina.

"Estamos em um processo intenso de transformação digital dentro da companhia e acreditamos que a parceria com o Google Cloud vai nos ajudar a entender ainda melhor as necessidades dos nossos clientes para que tenham sempre a melhor experiência conosco. A TIM está sempre em busca de soluções inovadoras que tenham impacto real na sua tomada de decisão para facilitar sempre a vida usuários", afirma Renato Ciuchini, Head de Estratégia e Transformação Digital da TIM Brasil.

A plataforma do Google Cloud permite que a empresa faça análises em tempo real para obter insights exclusivos sobre seus negócios. Essas informações ajudarão a operadora a aprimorar ainda mais seus serviços ao cliente, o planejamento e a otimização da rede e a fornecer ofertas personalizadas aos usuários, além de produtos baseados em dados e analytics.

"Este acordo com a TIM reflete a nossa estratégia de ajudar as empresas de telecomunicações a monetizar o 5G como uma plataforma de negócios, capacitando-os a engajar melhor seus clientes por meio de experiências orientadas por dados e ajudando-os a melhorar a eficiência operacional", afirma Marco Bravo, head de Google Cloud para o Brasil.

O Google Cloud será responsável pelo fornecimento da Google Cloud Platform (GCP) e também de toda a consultoria que envolve a migração do ambiente atual, redesenho e otimização em nuvem, além do apoio na construção do CoE (Centro de Excelência) da TIM, que será responsável em fazer toda a gestão do ambiente após sua conclusão.

O Google Cloud permite que a operadora otimize e aprimore sua plataforma de Big Data e Analytics, assim como novas parcerias sejam criadas e que os recursos da plataforma possam ser explorados, evoluindo as campanhas e processos existentes. Por meio do acordo, a operadora também fará uso de outros serviços da plataforma Google Cloud, como BigQuery, Dataproc, Dataflow, Cloud Composer, Data Fusion e Google Kubernetes Engine.

Esses serviços ajudarão a simplificar a integração, permitindo que os cientistas e analistas de dados sejam mais produtivos, focando os esforços em otimizar processos e serviços da operadora e atuando em parceira com a Google, usando os serviços de PaaS (Plataform as a Service) para simplificar a configuração e gestão da infraestrutura.

"As soluções que teremos acesso a partir da plataforma do Google Cloud irão nos permitir simplificar e evoluir nossa arquitetura, além de possibilitar o tratamento e uso das informações de forma cada vez mais eficaz para que possamos criar ofertas e produtos sob medida para nosso cliente e facilitar sua vida, agregando valor aos serviços e processos, evoluindo e transformando a experiência do usuário com a TIM", complementa Auana Mattar, CIO da TIM Brasil.


Cientista de dados vai muito além de um analista de BI

São os cientistas de dados que têm capacidade de levar milhares de variáveis em consideração para definir a melhor tomada de decisão, pontua Luiz Malere, gerente de customer advisor e inovação do SAS.

Destaques
Destaques

Armazenamento por serviço: um mercado em alta com privacidade de dados

IDC prevê que, em 2023, o mundo terá 11,7 ZB de dados armazenados, em comparação aos 5,0 ZB, apurados em 2018.

Metade das empresas no Brasil não confia na própria análise dos dados

Levantamento da Serasa Experian mostra ainda que 42% das companhias brasileiras admitem perder dinheiro com a má qualidade das informações. Má governança é vista como um desafio a ser superado. O mais grave: mais de 70% destão sem estratégia para superar essa etapa.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Dados em tempo real fazem toda a diferença no e-commerce

Por Leandro Rodriguez*

O tempo se tornou o fator crítico no relacionamento entre vendedor e comprador. Levar informações em tempo real a uma filial local ou a gerentes de loja pode ser determinante para a aquisição de clientes e, consequentemente, aumentar as vendas.

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site