GOVERNO » Compras Governamentais

Banco Central abre licitação para trocar cobre por rede de fibra óptica

Luís Osvaldo Grossmann ... 17/04/2020 ... Convergência Digital

O Banco Central abriu nesta sexta, 17/4, um edital com vistas à contratação de empresa para modernizar a rede de telecomunicações do edifício sede da autoridade monetária, em Brasília. O plano é substituir a rede legada de cobre por fibras ópticas e tem custo estimado em R$ 936,43 mil.

Formalmente, o edital da licitação divulgado nesta sexta prevê que a contratação se dará para “fornecimento e instalação de nova infraestrutura de rede de telefonia analógica, fibra óptica e de automação predial, com serviços complementares”. A ser feito, pelo Comprasnet, o pregão eletrônico está previsto para 5/5. 

Segundo explica o BC, a infraestrutura existente é atualmente utilizada para acomodação do cabeamento da rede de telefonia analógica, que está parcialmente desativada. Composta por leitos metálicos, ela se origina tanto no segundo subsolo, onde fica o datacenter, quanto no quarto subsolo e tem seu encaminhamento pelas quatro torres existentes no edifício sede. 

O objetivo, portanto, é o fornecimento e instalação de infraestrutura para o novo cabeamento, composto por eletrocalhas e acessórios, interligando a sala de telecomunicações (o datacenter) ao leito existente na torre 4, e também de infraestrutura horizontal ligando o leito dessa torre aos racks das salas técnicas dos andares, conforme previsto em projeto técnico.

Também é previsto o fornecimento e instalação de toda infraestrutura e cabeamento UTP necessários para substituição dos telefones analógicos para telefones IP, além da retirada de todos os cabos da rede de telefonia analógica que se tornou totalmente inoperante em função da ativação dos telefones a partir da nova infraestrutura instalada.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Governo segue com privatização de Serpro, Dataprev e Telebras para 2021

O secretário de desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, disse que não há mudança de planos do governo Bolsonaro, mesmo com o papel desempenhado pelas estatais de TI na pandemia, e está mantido o plano de vender 12 estatais no ano que vem.

Projetos estratégicos de TIC dependem do ajuste fino entre os 'novos' MCTI e Minicom

No 'novo' MCTI, ficam políticas de inovação, entre elas,  Inteligência Artificial. O Minicom assume a política de Telecom e a radiodifusão.

TSE manda Dataprev parar de usar dados da Justiça Eleitoral para avaliar auxílio emergencial

Pedido foi feito de forma oficial pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luiz Roberto Barroso. A alegação é que os BDs não informam o exercício de mandato eletivo.

Agência Espacial abre edital para lançamentos comerciais na base de Alcântara

AEB é responsável pelas tratativas iniciais com as empresas, nacionais ou estrangeiras, interessadas em utilizar a base brasileira para lançamento de veículos espaciais.

PL quer adiar venda do Serpro, Dataprev, Telebras e outras estatais

Proposta, que está em análise na Câmara dos Deputados, ressalta que o 'períodos de crise são um excelente momento para quem compra e péssimo para quem vende'. Privatizações estão agendadas para junho de 2021. Ideia é adiar as vendas para 12 meses após o fim da pandemia de Covid-19.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G