Home - Convergência Digital

Caixa fecha parceria com as teles por aplicativo de auxílio emergencial

Ana Paula Lobo* - 07/04/2020

Em seis horas de funcionamento, a Caixa Econômica Federal finalizou o cadastro de 10 milhões de benefícios da renda básica emergencial, informou o presidente do banco, Pedro Guimarães. Segundo ele, ao considerar os eventuais pedidos rejeitados de quem não tem direito ao benefício, a expectativa é terminar o dia com 15 milhões a 20 milhões de trabalhadores cadastrados que começarão a receber o auxílio no dia 14 de abril.

Nas mesmas seis horas, as ferramentas de cadastramento da Caixa tinham enviado 15 milhões de SMS a trabalhadores que requereram o benefício. As mensagens pelo celular avisam se o trabalhador preenche os requisitos para ter direito ao auxílio de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil para mães solteiras.

O vice-presidente Rede de Varejo, Paulo Henrique Angelo, agradeceu em coletiva à imprensa nesta terça-feira, 07/04,, a parceria firmada com as operadoras de telecomunicações por liberarem o tráfego de dados. "A Caixa e o Governo não estão pagando por esse serviço. É uma aliança firmada com as operadoras", afirmou.

A Caixa revelou ainda que a página de cadastramento no aplicativo na Internet tinha recebido 31 milhões de visitas individuais nas seis primeiras horas da inscrição. A loja do sistema operacional Android, nas mesmas seis horas iniciais - das 9 às 15h - registrava seis milhões de downloads do aplicativo. A linha telefônica 111, disponível para prestar informações e tirar dúvidas, recebeu 330 mil ligações no mesmo período.

O presidente da Caixa admitiu que o site chegou a cair por três minutos e tem enfrentado momentos de lentidão ao longo do dia. Ele pediu paciência aos trabalhadores e recomendou que eles não desistam do cadastramento. “A gente conseguiu dar vazão ao investimento muito grande de todos. Peço desculpas se estiver lento. Porque hoje será, sem dúvidas, o dia de maior intensidade”, declarou. Segundo o presidente da Caixa, a expectativa é encerrar a semana com o cadastramento de 60% a 80% dos trabalhadores que tenham direito à renda básica emergencial.

O movimento da Caixa - que é a dona do sistema de Auxílio Emergencial - também abarca a bancarização. Pedro Guimarães disse que serão disponibilizadas 30 milhões de brasileiros terão uma conta poupança digital de graça. Nessa primeira etapa, eles apenas poderão fazer transferências eletrônicas - mas elas serão liberadas para até outras três contas bancárias. A conta digital permitirá o pagamento de contas. Mas o saque do dinheiro vivo em agências, lotéricas e correspondentes bancários, só acontecerá depois de o governo elaborar um cronograma para permitir - sem aglomerações- o atendimento físico.





Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/08/2020
Covid-19: teles desligaram mais do que adicionaram clientes no mês de junho

03/08/2020
Unimed Fesp adota Citrix para trabalho remoto de quase 700 colaboradores

31/07/2020
Coronavírus SUS vai rastrear contatos de infectados com covid-19

31/07/2020
Teletrabalho: servidor é obrigado a assumir custo de energia, de TI e de Internet

30/07/2020
Algar é primeira contratada do MEC para fornecer internet gratuita para alunos de baixa renda

28/07/2020
Covid-19: Instituto Eldorado vai acelerar projetos de produção e manutenção de EPIs

28/07/2020
Empresas inadimplentes não serão excluídas do Simples em 2020

23/07/2020
Home office e comércio eletrônico salvaram 2020 dos data centers no Brasil

23/07/2020
Desenvolvedores de software revelam medo e falta de preparo para desastres

22/07/2020
Suspeita de fraude faz Caixa bloquear 1,3 milhão de CPFs no Auxílio Emergencial

Destaques
Destaques

Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

Tombo no primeiro trimestre foi de 8,7% - e chegou a 22,4% entre os aparelhos mais simples. Alta do dólar e a falta de componentes impactaram a venda dos dispositivos no país.

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site