Clicky

GOVERNO » Compras Governamentais

Pregão eletrônico passa a ser obrigatório em 1,6 mil municípios

Convergência Digital* ... 07/04/2020 ... Convergência Digital

Mais 1.640 municípios passam a utilizar, obrigatoriamente, a modalidade pregão eletrônico em suas aquisições de bens e serviços decorrentes de recursos recebidos via Transferências Voluntárias da União. A medida abrange cidades de todo o país com população entre 15 mil e 50 mil habitantes. As transferências voluntárias para esses municípios movimentaram mais de R$ 1,5 bilhão em 2019.

“Até então, o pregão eletrônico era preferencial, mas não obrigatório”, explica Cristiano Heckert, secretário de Gestão do Ministério da Economia. “Com a utilização estendida da modalidade, há maior economicidade, pois a concorrência aumenta ao permitir a participação de empresas de todo o país. Mais que isso, esse sistema traz mais transparência por meio dos registros de cada operação, evitando a corrupção em processos licitatórios.”

Entre outubro de 2019 e abril deste ano, 361 municípios aderiram ao Sistema Integrado de Administração de Serviços Gerais (Siasg) de forma gratuita. Esse sistema permite as operações de compras governamentais dos órgãos integrantes da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional.

A partir de agora, só serão admitidos pregões presenciais de licitações caso fique comprovada a inviabilidade técnica ou a desvantagem para a Administração da realização da forma eletrônica.

Os órgãos e entidades poderão utilizar gratuitamente o Sistema de Compras do governo federal, disponível no site do Comprasnet, mediante celebração de termo de acesso com o Ministério da Economia.

Outra possibilidade é a utilização de sistemas próprios ou sistemas disponíveis no mercado, desde que estejam de acordo com as regras dispostas no Decreto nº 10.024/19. 

* Com informações do ME


Liminar suspende processo de liquidação do Ceitec pelo governo Bolsonaro

Justiça Federal no Rio Grande do Sul acatou pleito em ação civil pública e determinou a suspensão da assembleia que nomearia liquidante da estatal do chip, localizada em Porto Alegre.

Bolsonaro recoloca Jarbas Valente no comando da Telebras

Ex-conselheiro e vice-presidente da Anatel deixou a estatal para ser substituído por Waldemar Gonçalves Ortunho Junior, em abril de 2019, mas, agora, retoma à companhia com a nomeação do coronel para a direção da Agência Nacional de Proteção de Dados.

BNDES vai pagar R$ 8 milhões para preparar a venda do Serpro e da Dataprev

Consórcio vencedor reúne Accenture, a multinacional de RP Burson-Marsteller e o escritório Machado, Meyer, Sendacz, Opice e Falcão Advogados.

Governo alega prejuízo de R$ 10 bi e vai ao STF contra desoneração da folha

Benefício, que acabaria este ano, foi prorrogado para dezembro de 2021, por decisão do Congresso Nacional, que derrubou o veto do governo. A desoneração da folha é considerada essencial para as empresas de TI e Telecom. Governo diz que medida é inconstitucional.

À espera de correção no imposto sobre componentes, indústria maneja estoques

Segundo Abinee, com a demora na publicação de nova resolução Gecex, fabricantes postergaram embarques para evitar imposto de importação. Ministério da Economia diz que novo texto já foi aprovado. 



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G