Convergência Digital - Home

Sharecare adota solução Nuveto de contact center na nuvem

Convergência Digital
Convergência Digital* - 23/03/2020

A Sharecare, empresa especializada em gestão de saúde integrada e digital, já era cliente da Nuveto, empresa brasileira de soluções em nuvem para as áreas de atendimento ao cliente e representante exclusiva no País da Five9 e sempre teve como política incentivar seus colaboradores a trabalharem em home office. Por isto, quando a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou a pandemia do Coronavírus, a empresa de saúde decidiu que precisava oferecer a possibilidade de trabalhar em home office para sua equipe de atendimento.

Umas das primeiras empresas a optar pelo novo programa da Nuveto, batizado “SOS Covid-19”, a Sharecare oferece ao mercado corporativo uma plataforma de saúde digital, que combina tecnologia e gestão para entregar melhor qualidade de vida aos usuários, e agora pode contar com 50% dos profissionais de saúde, com eficiência, agilidade e cibersegurança em suas residências.

A Sharecare tem a filosofia de cuidar sempre do bem-estar dos seus colaboradores e um dos benefícios mais valorizados hoje é a flexibilidade de horário e de local de trabalho. “Esta foi a razão inicial para contratarmos a Nuveto, mas agora com o anúncio da OMS da pandemia, vimos a oportunidade de expandir nosso contrato e, por consequência, atender às demandas dos órgãos governamentais de colocar o máximo dos funcionários em home office”, afirma Nicolas Toth, presidente da Sharecare para a América Latina.

Segundo Toth, no total são cerca de 270 profissionais da ShareCare, que se intercalam para comparecerem ao escritório durante a semana. Desde segunda-feira (16 de março), metade dos especialistas da área de saúde trabalham online em suas residências todos os dias. “A plataforma de contact center na nuvem permite que os colaboradores estejam conectados por softphone e também garante o registro de frequência e presença”, explica o presidente da Sharecare.

Luís Palermo, CEO da Nuveto, reforça dizendo que o ambiente de contact center reúne muitas pessoas no mesmo espaço – muitas vezes de 500 a 1.000 pessoas em um turno, o que pode chegar a milhares de pessoas diariamente. “Este é um setor que não pode parar de uma hora para outra, porque faz atendimento de clientes de operadoras de saúde, de telecomunicações e bancos, entre outros segmentos. Mas consegue migrar para uma operação home office em poucas horas, mantendo as condições adequadas de trabalho, em especial em um momento turbulento como o atual”, destaca ele.

Programa Nuveto SOS Covid-19

Representante exclusiva da Five9 no Brasil, a Nuveto começou a oferecer esta semana uma solução emergencial para responder às demandas das empresas para manter seus canais omnichannel de atendimento em operação, mesmo diante do avanço da pandemia do novo Coronavírus no Brasil.

O novo programa batizado “SOS Covid-19” é baseado na tecnologia da Five9 e atende tanto às empresas que têm operação própria de call center, como às operadoras de contact centers, possibilitando que mantenham sua produtividade e eficiência, ao mesmo tempo em que preservam a saúde de seus colaboradores ao permitir que trabalhem em home office.

“Com todas as notícias sobre o novo Coronavírus e seus impactos diretos nos modos de vida diários (pessoais e profissionais), trabalhar em casa tornou-se uma necessidade que precisa ser rapidamente atendida por empresas de todo o mundo. Diante deste cenário, nós nos preparamos para auxiliar as empresas a implementarem ou migrarem suas soluções multicanais de relacionamento para a nuvem em poucos dias. Esta decisão atende à necessidade imediata delas de garantir a saúde e bem-estar de seus colaboradores e, simultaneamente, já as deixa preparadas para darem mais um passo em sua transformação digital”, afirma Palermo.

Pelo fato da solução Five9, oferecida pela Nuveto, ser baseada em cloud computing, a implementação da plataforma ou a migração dos sistemas de relacionamento das empresas é muito rápida, assegurando a continuidade da operação, com agilidade e segurança. “Nossa solução possibilitará que as companhias de contact center ou call centers próprios das empresas continuem atendendo aos consumidores com excelência em seus diversos canais, mantendo seus funcionários trabalhando de casa, protegidos do Coronavírus”, ressalta o executivo. A Nuveto retirou qualquer burocracia para a contratação e a implementação pode ser realizada em um período de três a 30 dias, dependendo do sistema de cada organização.

 


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

CSU avança de empresa de BPO para uma companhia de tecnologia

Com diferentes atividades, entre elas, processamento de transações eletrônicas de meios de pagamento e serviços de relacionamento com clientes, a CSU contratou o NICE Nexidia para melhorar os resultados dos negócios com uma abordagem consultiva e analítica.

Desafio nacional: identificar os dados efetivamente valiosos ao negócio

Pesquisa da IDC mostra que quase a metade companhias pesquisadas no Brasil admitiu ter dificuldade para encontrar talentos e recursos responsáveis pelas análises das informações.

Destaques
Destaques

Quase metade das empresas vai investir em edge computing na América Latina

Pesquisa da IDC Brasil, realizada para a Oi Soluções, revela ainda que 66% das empresas deverão ativar digitalmente seus modelos operacionais e terão o trabalho remoto incluído de forma permanente em suas políticas de recursos humanos.

Eletrobras contrata Analytics para acelerar jornada digital

Estatal, responsável por 1/3 da capacidade elétrica do Brasil, quer usar os dados para manter as melhores práticas de governança e investir em IoT, chatbots e robôs.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.

O caminho da cibersegurança passa pela nuvem

Por Felipe Canale*

Com organizações cada vez mais distribuídas, manter dispositivos em todos os locais ou usar produtos diferentes para trabalhadores remotos cria inúmeras brechas de segurança, além de custar muito e sobrecarregar os recursos de TI.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site