SEGURANÇA

Anatel proíbe backdoors em redes de telecom por segurança cibernética

Luís Osvaldo Grossmann ... 19/03/2020 ... Convergência Digital

A Anatel abriu nesta quinta, 19/3, uma consulta pública sobre a primeira norma de segurança cibernética relacionada à certificação de equipamentos de telecomunicações, para terminais que se conectem à internet e equipamentos de rede. A proposta está aberta à sugestões por 60 dias. 

Como disposto na consulta, ela tem como base a Estratégia Nacional de Segurança Cibernética (Decreto 10.222/20). “No tocante à avaliação da conformidade de produtos para telecomunicações, observa-se a necessidade de realizar medidas regulatórias com vistas ao fomento da E-Ciber”, diz expressamente. Além disso, está em elaboração na agência um Regulamento de Segurança Cibernética, embora de termos muito mais genéricos. 

No caso específico dos requisitos mínimos, eles são mais detalhados. Incluem, por exemplo, “estar desprovido de qualquer ferramenta de teste ou backdoor intencional utilizados nos processos de desenvolvimento do produto e desnecessários à sua operação usual”.

Outras exigências são “possuir mecanismos periódicos, seguros e automatizados para atualização de software/firmware que empregam métodos adequados de criptografia, autenticação e integridade”, ou ainda “possibilitar a utilização de métodos adequados de criptografia para transmissão e armazenamento de dados sensíveis, incluindo informações pessoais”.

A norma prevê, também, mecanismos para evitar brechas comumente exploradas, como o uso de uma senha padronizada nos equipamentos, que quando não alterada pelos usuários acabam servindo de porta para invasões. Nesse sentido a norma prevê expressamente “não utilizar credenciais e senhas iniciais para acesso às suas configurações que sejam iguais entre todos os dispositivos produzidos”, e ainda “forçar, na primeira utilização, a alteração da senha de acesso à configuração do equipamento”.


Globo afirma que ataque hacker não 'roubou' dados de usuários

Houve duas invasões ao sistema de notificações push da Globoplay e da GShow no final de semana. O ataque teria sido conduzido por um grupo hacker da Arábia Saúdita. Segundo a Globo, 'invasores se limitaram a enviar mensagens para toda a base'.

Consciência é a maior vacina contra os riscos cibernéticos

Em tempos de home office por conta do coronavírus, o gerente de segurança do CAIS/RNP, Edilson Lima, diz que cabe ao usuário redobrar seu cuidado. "Cada um tem de fazer sua parte", afirma.

Cibercrime usa Coronavírus para roubar dados pessoais no WhatsApp

Golpe oferece suposto kit gratuito com máscara e álcool gel - a ser dado pelo Governo Federal - para atrair as pessoas mais nervosas em relação à pandemia.

RNP terá programa para formar profissionais em Segurança Cibernética

O diretor da área na Rede Nacional de Pesquisa, Emilio Nakamura, assegura que a intenção é 'acelerar a formação de novos profissionais não apenas na Academia, mas também na inovação aberta'.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G