Clicky

NEGÓCIOS

Coronavírus: Empresa nacional vê demanda por aluguel de hardware de TI crescer 300%

Convergência Digital* ... 17/03/2020 ... Convergência Digital

A locação de equipamentos de TI para o home office dos trabalhadores por conta do controle ao Covid-19 está em alta e, nas últimas 72 horas, a empresa nacional Agasus, especializada no segmento, viu crescer sua demanda em 300% em relação ao mês de fevereiro.

“O ritmo de trabalho aumentou e estamos nos desdobrando para atender demandas em todo o Brasil para locações de curto prazo, nicho de negócio em que nos diferenciamos há algum tempo. Sempre mantivemos um parque de ativos com alta disponibilidade para atendimento e entrega imediata", afirma o CoCEO da Agasus, João Lima.

O executivo diz que, por conta do impacto do coronavírus, as empresas irão experimentar o serviço de locação pontual, mas que existe uma oferta muito mais ampla que envolve a locação de hardware com serviços corporativos, seguindo o modelo de HaaS – Hardware as a Service, que envolve a locação de equipamentos novos por períodos de pelo menos 24 meses com a configuração do cliente e entrega com ativação na estação de trabalho de cada colaborador, podendo incluir regras e práticas de uso de software e ferramentas.

"É uma modalidade de assinatura que garante manutenção dentro de SLAs e renovação do parque ao final do contrato. As dores operacionais do TI diminuem muito ao mesmo tempo que existe a percepção de prolongamento do mesmo ambiente da empresa replicado em cada máquina, eliminando qualquer necessidade de Capex”, explica Lima.

Para empresas que necessitam de locação de equipamentos de TI, é importante lembrar, que o investimento inicial é 0 (zero), as empresas só pagarão a primeira mensalidade após ativação dos equipamentos. O período e quantidade são ilimitados, manutenção quando e onde precisar, e os equipamentos são atualizados e rigorosamente revisados.

A Agasus está presente no mercado nacional desde o ano 2000, e soma em seu portfólio a locação de mais de 30 mil notebooks, mais de 25 mil desktops e mais de 6 mil Smartphones e tabletes. No primeiro trimestre de 2019, a Agasus entrou no mercado educacional com o modelo de negócio de locação de hardware, ferramentas de aprendizagem e mobiliário.


Intelsat contrata e abre centro de suporte a clientes no Brasil

Para o centro brasileiro, localizado no Rio de Janeiro, a empresa de satélite contratou 10 funcionários, que serão responsáveis pelo atendimento a clientes no país e em toda a América Latina.

Competitividade: o mantra do Brasil no jogo da economia digital

Em entrevista à CDTV, o executivo falou sobre os três objetivos estratégicos para 2021: reforma tributária digna para desonerar o emprego; formação de talento e medidas para garantir o uso intensivo de dados.

Produção setorial de TIC foi de R$ 506,5 bilhões em 2020

Apesar da crise econômica agravada pela Covid-19, o setor de TI e Comunicação cresceu 2.4% no ano passado, de acordo com dados da Brasscom. O segmento de software e serviços gerou R$ 216,1 bilhões, com crescimento de 5,1% e o de telecom, R$ 240,5 bilhões, mas com uma queda de 0,4%. Setor respondeu por 6,8% do PIB nacional.

Software brasileiro tem futuro ameaçado por falta de pessoas qualificadas

"O Brasil não tem de ser um celeiro de mão de obra, um BPO. Temos de fazer tecnologia. Mas falta política pública. Em 20 anos, nada aconteceu", lamenta o CEO da Plusoft, Solemar Andrade.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G