INCLUSÃO DIGITAL

Parceria entre Hughes e Facebook instala no Brasil milésimo WiFi comunitário

Convergência Digital ... 17/03/2020 ... Convergência Digital

A Hughes anunciou a instalação do milésimo hotspot do Comunidade Wi-Fi na América Latina, em parceria com o Facebook Connectivity. A instalação foi em Santa Bárbara, no Maranhão, comunidade rural que fica a duas horas de São Luís. Além do Brasil, os hotspots estão distribuídos pela Colômbia, México e Peru. Cada hotspot do Comunidade Wi-Fi da Hughes é conectado por um acesso via satélite, e permite que comerciantes ofereçam internet a preços acessíveis para até 500 pessoas em suas comunidades rurais, lugares em que a conectividade via cabo é muito cara ou indisponível. 

Cada hotspot é configurado com uma antena compacta e fácil de instalar para conexão via satélite e um equipamento Wi-Fi conectado à plataforma do Facebook. Comerciantes que têm esses hotspots instalados levam conectividade a comunidades locais e se beneficiam com as oportunidades geradas pela iniciativa. 

"Antes desse projeto, era muito difícil conseguir sinal. Agora, o acesso à internet é bem melhor, e nossas vendas também melhoraram", afirma a comerciante Thaís Gomes Silva, que mora na comunidade rural de Santa Bárbara. 

O Express Wi-Fi da Hughes é uma das várias soluções de Wi-Fi comunitário que a empresa oferece. Incluídos os hotspots na América Latina, há mais de 33 mil pontos de Comunidade Wi-Fi da Hughes em todo o mundo, beneficiando 26 milhões de pessoas. Com um hotspot de Comunidade Wi-Fi, qualquer usuário tem a opção de acesso à internet por meio de um computador ou celular. O modelo de distribuição pode ser pago pelo usuário ou subsidiado pelo governo local. A solução é disponível para uso em qualquer lugar, incluindo áreas carentes de conexão banda larga. 


MPF recomenda que instituto cancele compra de MacBooks de R$ 12 mil e use PCs mais baratos

Instituto Federal de Educação do Rio Grande do Norte (IFRN) quer 20 notebooks da Apple para o setor administrativo, em custo superior a R$ 250 mil. MPF diz que licitação deve incluir outras marcas. 

Covid-19 aumentou o uso da internet nas classes C, D e E

Segundo a pesquisa TIC Covid-19, do Cetic.br, a pandemia aumentou o uso da rede em todas as classes e faixas etárias. O que já era hábito entre os mais ricos, passou a ser mais comum entre os mais pobres para compras e serviços.

Bemol quer Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E para levar banda larga para quem não tem nem 3G

Varejista com atuação na região norte do País tem planos de expandir sua infraestrutura para mais cidades, mas conta com a frequência não licenciada, diz o gerente de TI, Jesaias Arruda.

Saúde pública padece de acesso à Internet e de segurança de dados

Processo de levar acesso à Internet para as Unidades Básicas de Saúde(UBS) não avança e apenas 23% delas disponibilizam agendamento de consultas pela Internet. Nas unidades privadas, o atendimento online está em 100% do segmento. Diferença é evidente na comparação do Norte e Nordeste com o Sul e Sudeste.

Licitação do MEC abre espaço para MVNOs na oferta de banda larga móvel gratuita

Propostas têm de ser enviadas ao governo até o dia 17. Contratação acontece ainda em julho. O preço de referência da RNP para este processo é de R$ 0,56 GByte/mês sem ICMS, considerando um pacote de dados de 20 Gbytes, para a quantidade de 5.000 alunos. 

Escolas viram telecentros para quem não tem acesso à Internet

Maior parte dos usuários vai para fazer pesquisa escolar e digitar currículos ou outros documentos. Conexão à Internet melhorou, mas a maioria tem conexão entre 1 Mpbs até 5 Mbps.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G