GOVERNO

Telebras projeta receita bruta de R$ 383,64 milhões em 2020

Convergência Digital* ... 09/03/2020 ... Convergência Digital

Na lista de vendas do governo Bolsonaro, a Telebras informou, por meio de fato relevante divulgado na Comissão de Valores Mobiliários, o início da operação dos sistemas estruturantes da Administração Pública Federal, em especial o Sistema Integrado de Administração Financeira–SIAFI, no dia 20 de fevereiro.

No informe, encaminhado na sexta-feira, 06/03, a estatal reporta que na qualidade de Estatal Dependente é legalmente obrigada a informar determinadas projeções à União, seu Acionista Controlador, por meio do Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento –SIOP.

Ao cumprir o rito, a Telebras informa que a sua projeção de Receita Operacional Bruta para o ano de 2020 é no montante de  R$ 383,64 milhões. Mas deixa claro que “projeções e perspectivas para o futuro são meras previsões, não sendo passíveis de garantia de desempenho futuro. Devido a riscos e incertezas inerentes ao mercado em que a empresa está posicionada, cenário econômico atual, efeitos de regulamentação futura e concorrência".

Os dados financeiros divulgados em março de 2019, relativos a 2018, mostraram que a receita líquida da Telebras ficou em R$ 199 milhões – foram R$ 73 milhões em 2017. A empresa encerrou o ano com prejuízo, desta vez de R$ 224,9 milhões, 8% abaixo do resultado registrado um ano antes, de R$ 243,8 milhões.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Suspeita de fraude faz Caixa bloquear 1,3 milhão de CPFs no Auxílio Emergencial

Total de contas bloqueadas responde por cerca de 5% dos pedidos aprovados. Para reativar o benefício, o dono da conta bloqueada terá de ir pessoalmente a uma agência e provar a sua identidade.

ABES: Software cobra transparência do ministério da Economia

Para o presidente da Associação Brasileira de Empresas de Software, Rodolfo Fücher, o veto à prorrogação da desoneração da folha chega em um momento onde a inadimplência aumenta e da falta de crédito.País caiu para 10º no ranking mundial de software.

Bolsonaro surpreende e veta prorrogação da desoneração da folha

Ao sancionar a Lei 14.020/20, presidente descartou manter o benefício até o fim de 2021 para 17 setores, inclusive TI e cal center. “Dispositivos acabam por acarretar renúncia de receita”, anotou na mensagem de veto.

Governo segue com privatização de Serpro, Dataprev e Telebras para 2021

O secretário de desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, disse que não há mudança de planos do governo Bolsonaro, mesmo com o papel desempenhado pelas estatais de TI na pandemia, e está mantido o plano de vender 12 estatais no ano que vem.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G