SEGURANÇA

Brasil já teve mais de 1000 ataques cibernéticos às redes do governo em 2020

Convergência Digital* ... 09/03/2020 ... Convergência Digital

O Brasil já barrou mais de 1000 ataques às redes do governo em 2020, segundo contou o Centro de Tratamento e Resposta a Incidentes Cibernéticos de Governo (CTIR-Gov), órgão vinculado ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI), em reportagem publicada nesta segunda-feira, 09/03, pelo jornal O Estado de São Paulo.

Em 2019 - e os dados ainda não estão consolidados- foram feitas 19.150 registros de notificações, mais de 10 mil foram confirmados como ataques e classificados como “fraudes”, “vulnerabilidade” e “abuso de sítio”. Há 9 anos, quando os dados começaram a ser categorizados, foram registradas pouco mais de 10 mil notificações, das quais 6,2 mil confirmadas como ataques.

No ano passado, o coronel Arthur Sabbat, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, revelou que o Brasil ocupa a 70º colocação no índice de segurança cibernética da União Internacional de Telecomunicações (ITU, na sigla em inglês), órgão da Organização das Nações Unidas (ONU).

Apontou ainda que o Brasil é, atualmente,o segundo no mundo que mais tem sofrido perdas econômicas advindas de ataques cibernéticos. Segundo os dados mais recentes da ITU, numa medição de 12 meses entre 2017 e 2018, os prejuízos advindos dos ataques cibernéticos no Brasil ultrapassaram US$ 20 bilhões (mais de R$ 80 bilhões).

No dia 05 de fevereiro, o Governo reconheceu ao definir, por decreto a Estratégia Nacional de Segurança da Informação, "que não há, no Brasil, um arcabouço autóctone e abrangente de segurança cibernética que contribua para o fortalecimento da resiliência cibernética nacional e que  os códigos, as normas, os padrões e as orientações em vigor evoluíram com o desenvolvimento de projetos, de ferramentas e de práticas relacionadas à segurança cibernética, mas não foram absorvidos de modo adequado pelas entidades públicas e privadas".

A e-Ciber, publicada pelo Governo, tem como objetivo suprir essa lacuna.  A íntegra da Estratégia Nacional de Segurança da Informação, feita pelo Governo Federal, está dispónivel neste link.


Globo afirma que ataque hacker não 'roubou' dados de usuários

Houve duas invasões ao sistema de notificações push da Globoplay e da GShow no final de semana. O ataque teria sido conduzido por um grupo hacker da Arábia Saúdita. Segundo a Globo, 'invasores se limitaram a enviar mensagens para toda a base'.

Consciência é a maior vacina contra os riscos cibernéticos

Em tempos de home office por conta do coronavírus, o gerente de segurança do CAIS/RNP, Edilson Lima, diz que cabe ao usuário redobrar seu cuidado. "Cada um tem de fazer sua parte", afirma.

Cibercrime usa Coronavírus para roubar dados pessoais no WhatsApp

Golpe oferece suposto kit gratuito com máscara e álcool gel - a ser dado pelo Governo Federal - para atrair as pessoas mais nervosas em relação à pandemia.

RNP terá programa para formar profissionais em Segurança Cibernética

O diretor da área na Rede Nacional de Pesquisa, Emilio Nakamura, assegura que a intenção é 'acelerar a formação de novos profissionais não apenas na Academia, mas também na inovação aberta'.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G