Clicky

GESTÃO

STF reafirma terceirização irrestrita em ação da Contax

Convergência Digital* ... 03/03/2020 ... Convergência Digital

O Supremo Tribunal Federal reafirmou a validade da terceirização ao julgar uma reclamação movida pela Contax-Mobitel, que questionava decisão da Justiça do Trabalho da Bahia que favoreceu uma funcionária da empresa de contact center ao buscar enquadramento trabalhista junto ao tomador de serviço, a ItauCard.

Ao dar ganho à Contax, o ministro Alexandre Moraes destacou que o tema já foi tratado pelo STF em 2018, no julgamento da ADPF 324, no qual entendeu constitucional terceirização de atividade-fim. Por isso, apontou que o TRT da Bahia não poderia ter favorecido a funcionária da empresa de telecomunicações. 

 “É inexigível a sentença fundada em norma declarada inconstitucional, desde que o reconhecimento dessa inconstitucionalidade tenha decorrido de julgamento do STF realizado em data anterior ao trânsito em julgado da sentença exequenda – uma vez que, no caso em análise, a estabilização do acórdão fundado na Súmula 331, I, do TST ocorreu em 27/3/2019; enquanto que, ainda em 2018, o STF, nos autos da ADPF 324 (julgado em 30/8/2018), declarou a inconstitucionalidade da Súmula 331/TST, por violação aos princípios constitucionais da livre iniciativa e da livre concorrência, assentando, ao final, a constitucionalidade da terceirização de atividade-fim ou meio”, firmou Moraes.

No caso, a funcionária da Contax-Mobitel exigia pagamento de verbas previstas na convenção coletiva dos bancários, alegando ser essa a natureza do serviço prestado à empresa contratante e que a terceirização da atividade-fim seria ilícita. 

A Contax argumentou no Supremo que a decisão da 33ª vara do Trabalho de Salvador teria violado entendimento do STF fixado no julgamento da ADPF 324, no qual o STF julgou constitucional terceirização de atividade-fim, bem como do tema 360 de repercussão geral - que versa sobre desconstituição de título executivo judicial.

* Com informações do portal Migalhas


Com ajuda da IA, Vivo quer recondicionar 1,5 milhão de modems e decodificadores até dezembro

A Vivo recolhe e recupera mais de 100 mil destes equipamentos por mês, que passam por atualização de software, reparos técnicos e estéticos.

Governo indica que vai pagar aluguel para quem comprar sala limpa do Ceitec

MCTI também sugere corte nos recursos para a Organização Social que vai ficar com a propriedade intelectual da estatal liquidada, R$ 30 milhões por ano estimados inicialmente já caíram para R$ 20 milhões.

Governo projeta substituir 53 mil servidores por robôs em 2030

Em 2040, mais de 68 mil servidores aptos a se aposentar poderão ser substituídos pela automação. Em 2050, poderão ser mais de 90 mil, segundo pesquisa feita pela Enap.

ABNT cria nova norma para combate às fraudes, pirataria e lavagem de dinheiro

Associação Brasileira de Normas Técnicas fará o lançamento no dia 07 de junho. Entidade também promove cursos de capacitação em compliance.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G