Convergência Digital - Home

Com Open Source, TI reforça o adeus às soluções proprietárias

Convergência Digital
Convergência Digital* - 27/02/2020

Uma pesquisa feita pela Red Hat, uma empresa da IBM, mostra que para mais de 95% dos entrevistados o open source é fundamental para a estratégia de software de infraestrutura empresarial de suas organizações. Especialmente na América Latina, os executivos esperam um aumento no uso dessas tecnologias: 85% deles afirmaram que desejam ampliar o uso do open source nas empresas para as quais trabalham.

O estudo foi feito com 950 líderes da área de TI no mundo. Os respondentes ainda disseram que a melhor qualidade do software (33%) foi a principal razão pela qual escolheram o open source, seguida do custo total de propriedade (30%) e melhor segurança (29%).

A pesquisa mostra que, atualmente, 36% das soluções de software de suas organizações são open source empresarial e esperam que esse número chegue a 44% em dois anos. Na mesma pesquisa, em 2018, mais da metade (55%) das soluções de software usadas pelos líderes de TI ouvidos era proprietária. Em 2019, a proporção caiu para 42%, número que deve baixar ainda mais, chegando a menos de 32% em dois anos.

Os líderes de TI pesquisados compartilharam que as três principais áreas em que o open source empresarial está sendo usado hoje são segurança (52%), ferramentas de gestão de cloud (51%) e bancos de dados (49%). Na América Latina, a tecnologia ajuda na modernização das infraestruturas de TI (63%), no desenvolvimento de aplicações (51%) e no DevOps (41%).

A computação em nuvem se tornou uma parte integral da estratégia corporativa e da arquitetura de TI para empresas. De acordo com o estudo da Red Hat, 63% dos entrevistados têm hoje uma infraestrutura de cloud híbrida. Daqueles que ainda não aderiram à nuvem, 54% planejam ter uma infraestrutura de cloud híbrida nos próximos 24 meses.

O estudo mostra ainda que 83% dos respondentes consideram que a tecnologia de código aberto empresarial tem contribuído muito para ampliar a capacidade de suas organizações de aproveitar arquiteturas de cloud. Acesse O Estado do Open Source: e tenha acesso completo ao estudo da Red Hat.
 


Destaques
Destaques

Brasil investe menos que o mundo em proteção de dados na nuvem

No País, 56% das empresas alocaram verba em novas soluções para lidar com a proteção de dados em nuvem nos próximos 12 meses. No mundo, esse percentual está em 70%.

Prefeitura do Rio e TIM fecham parceria por big data no combate ao Covid-19

Informações coletadas vão auxiliar no controle do vírus, já que permitem implantar medidas que facilitem a tomada de decisões. Plataforma já foi utilizada na Copa do Mundo de 2014 e usa apenas dados anonimizados.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como gerenciar o caos da estratégia multicloud

Por Ivan Marzariolli*

Os gestores precisam de uma solução para atenuar os riscos de uma arquitetura multicloud e desafios operacionais, o que pode inclusive melhorar o compliance, a precisão e as necessidades de DevOps e SecOps, reduzindo o estresse na equipe de TI.

Segurança em nuvem na era da LGPD

Por Raul Leite*

Quando falamos de proteção da nuvem, as organizações devem ter em mente uma série de estratégias. A começar pela escolha minuciosa do provedor de serviços, que precisa estar preparado para os novos compromissos de privacidade. Também é necessário certificar se o armazenamento dos dados é feito de modo criptografado quando necessário pelo nível de sigilo da categorização de um dado.



Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site