Clicky

Home - Convergência Digital

MetrôRio passa a aceitar cartões de débito nos pagamentos por aproximação

Convergência Digital* - 20/02/2020


A partir desta quinta-feira, 20/02, os clientes do MetrôRio, empresa do grupo Invepar, já poderão usar também seus cartões de débito para efetuar o pagamento da passagem diretamente nas catracas, utilizando a tecnologia NFC presente em cartões ou dispositivos como celulares, relógios e pulseiras, sem a necessidade de compra do bilhete físico. Assim, mais pessoas terão acesso à conveniência, praticidade e segurança presentes nesta facilidade, disponível desde abril do ano passado para cartões de crédito Visa, parceira do MetrôRio na implantação do serviço, disponível nas 41 estações das três linhas do metrô carioca.

Além da opção de mais uma modalidade de cartão, o sistema de pagamento por aproximação desenvolvido no MetrôRio passará a aceitar também os cartões de débito e crédito da Mastercard, ampliando o universo de possíveis usuários do serviço. Para usar o pagamento por aproximação, basta aproximar do validador da catraca o cartão de crédito/débito ou o dispositivo móvel com a tecnologia NFC. O recurso permite economia de tempo para o cliente e maior fluidez no embarque. A cobrança da tarifa será debitada diretamente na fatura ou na conta corrente, sem custo adicional ou taxas. Os clientes também podem usar seus cartões Mastercard ou Visa em carteiras digitais como Apple Pay e Samsung Pay para pagar sua passagem por aproximação.

O diretor Comercial do MetrôRio, Charles de Sirovy, reforça os benefícios com a chegada de uma nova facilidade para os usuários do sistema: "Oferecer mais esta opção de pagamento para os clientes é um dos resultados do trabalho do MetrôRio no desenvolvimento de serviços integrados que possam melhorar a experiência do passageiro, dando mais comodidade com o uso de novas tecnologias", afirma.

"O pagamento por aproximação permite levar inovação e praticidade ao dia a dia de milhares de pessoas. Com o débito, vamos poder incluir ainda mais cariocas, moradores e turistas na solução e ampliar o acesso ao transporte público de forma mais rápida e conveniente", diz Marcelo Sarralha, diretor executivo de Soluções da Visa do Brasil.

O presidente e CEO da Mastercard Brasil e Cone Sul, João Pedro Paro Neto, comemora a ampliação do serviço para mais uma parcela dos usuários do MetrôRio: "Agora, consumidores Mastercard poderão utilizar o transporte público da cidade com o mesmo cartão ou dispositivo que utilizam para suas compras diárias, tirando a necessidade de se ter dinheiro no bolso", explica.

Mais de 700 mil utilizações

Desde seu lançamento, em abril do ano passado, cerca de 730 mil passagens já foram pagas com cartões Visa utilizando a tecnologia de aproximação, trazendo mais fluidez ao embarque. O número de usuários recorrentes vem aumentando a cada dia. De acordo com levantamento do MetrôRio, a média de utilizações diárias passou de cerca de mil em maio de 2019 para 4,5 mil na primeira semana de fevereiro.

Os cartões físicos com a tecnologia NFC são os meios mais usados para embarque nas estações, escolhidos por 52% dos usuários, seguidos pelos dispositivos com carteira digital (celulares, pulseiras, relógios etc). A estação com maior número de utilizações do serviço é a Carioca, com 12% dos embarques, seguida de Botafogo (9%), Jardim Oceânico (7,8%), Uruguaiana (6%) e Cinelândia (4,6%). Cada cliente utiliza o meio de pagamento, em média, 1,75 vezes por dia.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/09/2020
TIM e C6 Bank avançam na transferência instantânea por SMS e WhatsApp

14/09/2020
Bradesco lança carteira digital Bitz, sem acordo com teles para dados móveis

09/09/2020
Em um ano, triplica o uso de celulares para fazer pagamentos no Brasil

12/08/2020
Teles negociam embarcar pagamentos no PIX

29/06/2020
WhatsApp e Cielo recorrem ao CADE para desbloqueio de pagamento no celular

25/06/2020
Brasil é o quarto mercado mundial em pagamento móvel

15/06/2020
Brasil é primeiro país a usar pagamentos pelo WhatsApp

30/04/2020
Oi cria carteira digital por WhatsApp para pessoas de baixa renda

02/03/2020
Banco Carrefour libera fatura pelo WhatsApp

20/02/2020
MetrôRio passa a aceitar cartões de débito nos pagamentos por aproximação

Destaques
Destaques

Highline se propõe a comprar licença 5G e oferecer espectro como serviço para ISPs

A proposta da empresa, explicou Luis Minoru, diretor de estratégia e novos negócios, é o de oferecer toda a infraestrutura na modalidade de serviço. Já há testes em andamento, não revelados, para o funcionamento da modalidade que inclui a operação de telefonia móvel.

Cobertura 4G chegou a 85% da população mundial, mas metade dela seguiu sem acesso à Internet em 2020

Levantamento da União Internacional de Telecomunicações mostra que a principal razão da exclusão digital é o alto preço do serviço diante da receita do consumidor. "Houve uma queda nos preços, mas precisa cair muito mais para termos um futuro melhor", pontuou o secretário-geral da UIT, Houlin Zhao.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Com rede sujeita a apagões, qual impacto do 5G na energia no Brasil?

Por Pedro Al Shara*

Segundo pesquisa da Vertiv, fornecedora de equipamentos e serviços para infraestrutura crítica, um aumento da ordem de 150% a 170% no consumo energético é projetado no setor de Telecom até 2026. Com toda a inovação que o 5G representa, mais dispositivos poderão acessar a internet móvel ao mesmo tempo, utilizando o mesmo sinal.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site