" /> Conexão das coisas será quase a metade dos acessos à Internet no Brasil em 2023 - Convergência Digital - Telecom

Conexão das coisas será quase a metade dos acessos à Internet no Brasil em 2023

Ana Paula Lobo ... 18/02/2020 ... Convergência Digital

As conexões máquina a máquina - sem interação humana - terâo um crescimento consistente e relevante no mundo e no Brasil nos próximos quatro anos, aponta o Cisco Annual Report, divulgado nesta terça-feira, 18/02. Dados da fabricante mostram que serão 338,9 milhões de dispositivos voltados para a comunicação não humana conectados em rede no País, quando em 2018, eles eram 27%, ou 138,2 milhões, afirma o Cisco Annual Report.

No Brasil, 44% de todos os dispositivos em rede terão conexão móvel até 2023 e 56% serão conectados ou conectados via Wi-Fi. O 4G terá papel central na evolução das conexões. "Ele é o pilar da conectividade ao ser massificado para abrir espaço para o 5G", diz Hugo Baeta, da Cisco Brasil.

O levantamento da Cisco mostra que 45% de todos os dispositivos em rede terão conexão móvel (3G ou inferior, 4G, 5G ou Área Ampla de Baixa Potência [LPWA, na sigla em inglês]), e 55% estarão conectados por cabo ou Wi-Fi. No Brasil, 44% de todos os dispositivos em rede terão conexão móvel até 2023 e 56% serão conectados ou conectados via Wi-Fi.

A internet das coisas será central para o avanço dos dispositivos M2M. Tanto que, aponta a Cisco, as conexões máquina a máquina (M2M) com suporte para uma ampla gama de aplicações de IoT representarão cerca de 50% (14,7 bilhões) do total mundial de dispositivos e conexões. No Brasil, 24% de todos os dispositivos em rede estarão no segmento de negócios até 2023, contra 19% em 2018.

O estudo da Cisco ressalta ainda que as conexões 4G representarão 58,4% do total de conexões móveis até 2023, comparado a 53,8% em 2018. Já as conexões 3G e inferiores representarão 29,6% do total de conexões móveis até 2023, comparado a 46,1% em 2018. Por sua vez, as conexões LPWA representarão 6% do total de conexões móveis até 2023, comparado a 0,1% em 2018.

Ao falar do 5G, o relatório anual da Cisco, aponta que a tecnologia representará  10,6% das conexões móveis do mundo em 2023, o que aponta um crescimento constante e consistente. A média da velocidade do 5G será de 575 megabits por segundo, ou 13 vezes mais rápida do que a média da conexão móvel. Quanto ao Brasil, as conexões 5G representarão 6% do total de conexões móveis e a velocidade média do 5G será de 595,5 Mbps no país em 2023. "O 5G estará começando no Brasil e estará em algumas localidades", pontua Baeta, da Cisco Brasil.


Internet Móvel 3G 4G
TikTok e WeChat decidem enfrentar o governo de Donald Trump

Empresas afirmam que vão usar todos os recursos disponíveis para garantir o Estado de Direito. O governo Trump proibiu o uso dos aplicativos chineses. Medida entra em vigor em 45 dias.

Anatel recria 10 colegiados após extinção por Decreto presidencial

Uso do Espectro, Defesa dos Usuários, Prestadoras de Pequeno Porte, Aferição da Qualidade, Ofertas de Atacado, Acompanhamento de Redes são alguns dos grupos reestabelecidos pela agência. 

Reclamações contra oferta de banda larga crescem 40% com a quarentena da Covid-19

Queixas na Anatel cresceram especialmente a partir de março. No conjunto dos serviços, agência recebeu 1,52 milhão de reclamações entre janeiro e junho. Também houve um aumento de 20% com relação à telefonia móvel.

Oi quer corte de dívida com Anatel por desequilíbrio na concessão

“Tem que fazer um PGMU mais leve para que a gente possa respirar”, defende a diretora regulatória, Adriana Costa. Anatel esclarece que concessão não é sinônimo de lucro garantido. 

Huawei defende reserva de 500 MHz da faixa de 6GHz para as teles

Para o diretor da Huawei Brasil, Carlos Lauria, a reserva técnica é a melhor garantia para aguardar a evolução da tecnologia. "Se der tudo agora, não tem como voltar atrás depois", observa o executivo.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G