Clicky

INCLUSÃO DIGITAL

Google desiste de serviço de Wi-Fi gratuito. Brasil é afetado

Ana Paula Lobo* ... 18/02/2020 ... Convergência Digital

A Google anunciou o fim do Google Station, programa que disponibiliza conexão Wi-Fi em estações de trem e metrô de países em desenvolvimento. O projeto era integrante da iniciativa Next Billion Users, na qual a empresa buscava soluções alternativas de uso de internet em locais cuja conexão era instável. Versões mais leves dos apps (como o Google Go e YouTube Go) e recursos off-line (como o presente no Maps) estão embaixo desse guarda-chuva.

Lançado na Índia em 2015, o 'Station' foi expandido para países como México, Tailândia, Nigéria, Filipinas e Vietnã, chegando ao Brasil em junho de 2019. Na época, a empresa informou que mais de 10 milhões de usuários utilizam o serviço de forma ativa. O programa foi escolhido para ser a plataforma de monetização da iniciativa Wi-Fi Livre do governo de São Paulo.

Em comunicado publicado em blog oficial, a Google informou que "os desafios impostos por diversos requisitos técnicos nos diferentes países tornaram difícil a nossa missão de escalar e tornar o projeto sustentável, especialmente, para nossos parceiros". Outro ponto levantado pela empresa foi a redução nos preços de pacotes de dados, o que aumentaria o acesso à internet.

A Google também informou em sua postagem que o programa será interrompido de forma gradual ao longo de 2020 e que está “trabalhando com nossos parceiros brasileiros em um plano de transição do serviço e continuaremos dando suporte a eles e aos usuários até o fim do ano."


Governo anuncia lançamento de cabo submarino entre Brasil e Europa

O cabo ligará Fortaleza a Sines, em Portugal, anunciou o ministro das Comunicações, Fabio Faria. A obra será feita pela EllaLink, que promete uma estrutura capaz de proporcionar um tráfego de dados a 72 Terabits por segundo (Tbps) e latência de 60 milissegundos. Serão lançados 6 mil quilômetros de cabos submarinos.

Em um Brasil desigual, governo digital tem de servir para todos

Como destaca o professor Silvio Meira, no Brasil onde a desigualdade aumenta, “a gente vai ter que ser muito competente para desenhar serviços que possam ser usados realmente por todo mundo e não só por quem tem acesso à conectividade".

Treze anos depois, Congresso aprova uso do Fust para inclusão digital

Texto permite uso dos recursos, cerca de R$ 1 bilhão por ano, por serviços no regime privado, como a oferta de banda larga. Mas como ressaltado na votação, como não é impositivo, haverá conflito com a PEC dos Fundos. 

Brasil tem desempenho pífio em ranking global de educação digital em cibersegurança

Levantamento mostra o País em 42º entre 50 pesquisados e avalia nível de conhecimento atual sobre risco cibernético e a relevância das iniciativas para promover educação e treinamento. 

Apenas 16% dos empregados em teletrabalho tiveram Internet paga pelos patrões

Nova pesquisa TIC Covid, do Cetic.br, reforça que a alternativa do home office se deu predominantemente entre os mais ricos e escolarizado. Apenas 20% dos patrões ofereceram aplicações de segurança.

Desigualdade econômica acentua exclusão digital do campo no Brasil

Estudo mostra que na região, 77 milhões de pessoas não tem acesso à internet. No Brasil, que puxa os índices agregados para cima, diferença é gritante entre grandes e pequenas propriedades. Levantamento mostra que 244 milhões de pessoas na AL não têm acesso à Internet.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G