Convergência Digital - Home

CGU abre licitação de R$ 201 mil para transferir datacenter para o Serpro

Convergência Digital
Luís Osvaldo Grossmann - 17/02/2020

A Controladoria Geral da União abriu nesta segunda, 17/2, edital para licitar serviço de migração para transportar os equipamentos hospedados em seu datacenter para o datacenter do Serpro, em decorrência de atual processo de contratação de serviço de colocation com a estatal.

O valor estimado pela CGU é de R$ 201,8 mil e a contratação pelo menor preço global, com vigência de 12 meses podendo ser prorrogado. Além do serviço de migração em si, o edital prevê ainda o fornecimento de rack e a possibilidade de também contratar suporte especializado IBM para acompanhamento da migração do equipamento storage IBM v7000. O edital já pode ser acessado pelo portal Comprasnet, sendo que o pregão eletrônico está previsto para 4/3. 

Explica a CGU no edital que “verificou-se a necessidade de fornecimento de um  rack, específico para guarda de equipamentos de comunicações da CGU, tendo em vista que o modelo requerido não poderá ser fornecido pelo Serpro, diante de suas especificidades, e sem o qual é inviabilizado o serviço de colocation”.

Como também indicado no edital, “o equipamento hospedará os serviços de comunicações da rede, necessários para a comunicação entre os equipamentos e entre estes e a rede, incluindo a Internet e todas a unidades da CGU”.

Com relação ao suporte IBM, a CGU adianta que “este item poderá não ser contratado em conjunto com os demais, em decorrência de conveniência administrativa derivada da possibilidade de fornecimento deste suporte por outros meios”. 

Mas explica também que esse serviço “poderá ser realizado por técnico constante o quadro da própria empresa, por técnico da própria IBM ou subcontratado - desde que o técnico seja comprovadamente capacitado -, mas a empresa contratada será, em qualquer caso, a responsável em garantir o funcionamento satisfatório do equipamento”. 


Destaques
Destaques

Brasil investe menos que o mundo em proteção de dados na nuvem

No País, 56% das empresas alocaram verba em novas soluções para lidar com a proteção de dados em nuvem nos próximos 12 meses. No mundo, esse percentual está em 70%.

Prefeitura do Rio e TIM fecham parceria por big data no combate ao Covid-19

Informações coletadas vão auxiliar no controle do vírus, já que permitem implantar medidas que facilitem a tomada de decisões. Plataforma já foi utilizada na Copa do Mundo de 2014 e usa apenas dados anonimizados.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como gerenciar o caos da estratégia multicloud

Por Ivan Marzariolli*

Os gestores precisam de uma solução para atenuar os riscos de uma arquitetura multicloud e desafios operacionais, o que pode inclusive melhorar o compliance, a precisão e as necessidades de DevOps e SecOps, reduzindo o estresse na equipe de TI.

Segurança em nuvem na era da LGPD

Por Raul Leite*

Quando falamos de proteção da nuvem, as organizações devem ter em mente uma série de estratégias. A começar pela escolha minuciosa do provedor de serviços, que precisa estar preparado para os novos compromissos de privacidade. Também é necessário certificar se o armazenamento dos dados é feito de modo criptografado quando necessário pelo nível de sigilo da categorização de um dado.



Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site