Home - Convergência Digital

Na guerra do streaming, YouTube reina absoluto com 70% da atenção nos celulares

Convergência Digital - 13/02/2020

Netflix e cada vez mais serviços de streaming de vídeos, sem falar no novo Tik Tok ainda não chegam nem perto do domínio do YouTube. Segundo a empresa de análise de tráfego móvel App Annie, o serviço de vídeos da Google reina com folga e concentra 70% do tempo que as pessoas dedicam aos principais  aplicativos nos celulares. 

“Entre os top 5 aplicativos de streaming de vídeo em 2019, 7 de cada 10 minutos foram gastos no YouTube de forma global em aparelhos Android. O tempo dispendido no YouTube é particularmente impressionante uma vez que não inclui a China, onde o YouTube não funciona, sendo que os outros quatro dos top 5 são chineses”, aponta a análise publicada no blog da App Annie

O ranking considera apenas aparelhos com sistema operacional Android, que representam 75% do total global. Depois do YouTube com os já mencionados 70% da atenção aparece Tencent News (10%), Tencent Video (7%), iQiyi (7%) e Xingua Video (6%). O Netlix vem em sexto, seguido por MX Player, Youku, Baidu Haokan e Hotstar.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/07/2020
Teles quebram dados móveis em bairros e regiões para combate à Covid-19

10/07/2020
App do Itaú tem instabilidade e banco suspende Giro Pronampe

03/07/2020
Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

12/06/2020
Bolsonaro veta aumento a motoristas de apps

08/06/2020
Justiça mantém uso de celulares para monitoramento da Covid-19 em São Paulo

22/05/2020
Aplicativos da Caixa para auxílio emergencial somam 187 milhões de downloads

22/05/2020
TST adota aplicativos de mensagens para conciliar patrões e empregados

18/05/2020
MPF quer que STF autorize acesso a dados de celular sem ordem judicial

14/05/2020
LGPD faz falta para cuidar da privacidade no uso de dados na Covid-19

13/05/2020
TJSP revê decisão e autoriza monitoramento de celular para controle da Covid-19

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site