NEGÓCIOS

Decisão dos EUA prejudica até um terço das exportações de eletroeletrônicos do Brasil

Convergência Digital ... 13/02/2020 ... Convergência Digital

A exclusão do Brasil da categoria de países em desenvolvimento pelos Estados Unidos é motivo de preocupação para a indústria brasileira de eletroeletrônicos, apontou nesta quinta, 13/2, a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica. Nas contas da entidade, decisão vai prejudicar 30% das vendas do segmento aos EUA, que foram recorde em 2019. 

“Decisão pode afetar o atual Sistema Geral de Preferências. Esse esquema anual, em fase de renovação, concede redução do imposto de importação para os produtos brasileiros entrarem nos Estados Unidos. Cerca de 25% a 30% das exportações do setor são beneficiadas pelo SGP e sem essa condição os produtos brasileiros perdem competitividade no mercado americano”, afirma a entidade, em nota.

O alerta, portanto, é de que “a medida pode ser muito prejudicial ao setor, afetando algo em torno de 30% dessas exportações, uma vez que os produtos poderão perder o benefício do SGP e, consequentemente, poderão ficar fora do mercado”. 

Ainda segundo a entidade, em 2019 as exportações da indústria elétrica e eletrônica para os EUA atingiram US$ 1,6 bilhão, 23,7% acima das realizadas em 2018. O mercado norte-americano, principal destino das vendas externas do setor, passou de uma participação de 23% em 2018 para 29% em 2019. “Essa foi a maior representatividade dos Estados Unidos no total das exportações de produtos do setor desde 2004”, diz a Abinee. 

Em que pese a conta avaliar o setor eletroeletrônico especificamente, a decisão americana afeta os demais setores industriais e mesmo agroindustriais. : Na avaliação da Abinee, o governo brasileiro deveria solicitar ao EUA a revisão dessa medida, como forma de defender os interesses brasileiros.”

A chance não é grande. O governo, pelo contrário, defendeu a medida americana. “A medida do governo norte-americano é pontual e específica e tem como objetivo combater eventuais subsídios desleais que podem ser adotados por outras nações”, informou a Secretaria de Comunicação do governo federal. 


Cientista de dados: seja investigativo, analítico e curioso

Não há um perfil delimitado para o cientista de dados, o que significa que ele pode ser um 'profissional mais rodado e experiente' ou uim jovem recém-saído das universidades. Mas há um ponto essencial: a multidisciplinaridade, aponta o professor e especialista em ciência de dados do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), João Carlos Barbosa.

Serpro busca parceria com bancos para emissão de certificado digital

Chamamento público espera identificar oportunidades de negócios que fomentem a massificação das assinaturas digitais. 

Acesso Digital recebe aporte e entra na briga pelo mercado de Telecom

Empresa, criada em 2007, trabalha com reconhecimento facial e assinatura eletrônica, recebeu um investimento de R$ 580 milhões liderado por SoftBank e General Atlantic.

iFood compra SiteMercado e avança em entregas de mercadorias

Portal reúne vendedores em 476 cidades de 24 Estados do país. Valor do negócio não foi revelado.

PMEs do Brasil estão longe da maturidade digital

Estudo indica que 51% dos pequenos negócios estão em fase inicial de digitalização, o que deixa o Brasil na 18ª posição global nesse tipo de avaliação. Levantamento projeta que até US$ 9 bilhões, ou quase R$ 50 bilhões, podem



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G