Home - Convergência Digital

Leilão 5G: TIM diz que comprar banda para revender não pode estar na regra do jogo

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo - 12/02/2020

A ótima notícia para o Brasil é que há muita frequência para ser vendida para a oferta de 5G, observou o vice-presidente de Assuntos Regulatórios e Institucionais da TIM Brasil, Mario Girasole, durante teleconferência de resultados do quarto trimestre da TIM Brasil, realizada nesta quarta-feira, 10/02. O executivo, no entanto, fez uma advertência: é preciso entender a participaçaõ dos pequenos players e o espaço dedicado a elas. O risco é a aquisição de frequência para revenda apenas.

"Quem comprar espectro só para revenda não é indústria de telecomunicações e isso tem de ser muito bem definido no edital", salientou Girasole. Sobre as regras do jogo - a serem definidas pela Anatel após a consulta pública que já está aberta - a TIM Brasil sugere que será complexo ditar regras sem a consolidação do mercado efetiva. "Se o mercado tiver cinco players vai refletir esse número. Se forem três, a mesma coisa. É muito díficil pensar em regras sem o ajuste do setor", acrescentou o CEO da TIM Brasil, Pietro Labriola.

O CTIO da TIM Brasil, Leonardo Capdeville, lembrou que o acordo de compartilhamento firmado com a Vivo será um caminho efetivo para simplificar a jornada para o 5G. Ele não acredita em um investimento muito robusto num primeiro momento no 5G. "O momento é diferente. No caso do 4G, o Brasil iria sediar uma Copa do Mundo, o que incentivou fazer a migração do 3G para o 4G de forma mais rápida e efetiva. O 5G chegará com muito suporte do 4G", reforça.

Capdville reforçou que o acordo com a Vivo traz uma nova mentalidade para o compartilhamento no Brasil. Segundo ele, o País vive uma fase nova de racionalidade onde a concorrência acontecerá nos serviços e não na infraestrutura. "Compartilhar é o melhor caminho até para enfrentar os desafios das novas obrigações que vão vir na área rural, nas rodovias federais. É o mercado pensando junto para fazer de forma mais eficiente", completou.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

30/03/2020
Coronavírus: Anatel suspende testes de campo do 5G na faixa de 3,5GHz

27/03/2020
GSI: Anatel deve ajustar norma de cibersegurança aos casos específicos do 5G

27/03/2020
Anatel prorroga consulta pública do edital 5G por 15 dias

27/03/2020
GSI impõe combinação entre operadoras na instalação de redes do 5G

26/03/2020
TIM fecha parceria com o C6 Bank para ofertar serviços financeiros

25/03/2020
Coronavírus faz EUA adiar leilão do 5G

23/03/2020
Japão promete 5G para março, mesmo com o COVID-19

17/03/2020
China concentra 70% das conexões 5G do planeta

13/03/2020
Anatel avalia outorgas do 5G à banda larga fixa, não só telefonia móvel

12/03/2020
Empresas ainda temem impacto dos custos da interferência do 5G nas parabólicas

Destaques
Destaques

Operadoras pedem que edital do 5G traga compromissos na nova tecnologia

Mas Anatel lembra que reduzir preço das frequências para exigir investimentos que o mercado já faria naturalmente não faz sentido na licitação. 

Bloqueio de celular pirata não impediu disparada de 344% no mercado cinza

Segundo dados da IDC Brasil, o resultado de 2019 indica que o aperto no bolso dos brasileiros foi maior que o da fiscalização. Entre os modelos mais baratos, no entanto, o mercado “paralelo” caiu. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site