Home - Convergência Digital

TIM e Claro empatam na disputa por clientes no Brasil

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo - 03/02/2020

A Anatel publicou em sua página na internet os dados referentes aos acessos em telefonia móvel do ano de 2019. Os números comprovam que a telefonia pós-paga- estratégica para as teles - se aproximou de fato da telefonia pré-pago.  Em dezembro de 2018 havia 129,6 milhões de clientes pré-pagos no Brasil. Em dezembro de 2019, esse número caiu para 117,04 milhões – uma queda de 9,7% em 12 meses.

A competição se acirrou para atrair o cliente para o pós-pago. O número pulou de 99,61 milhões de assinantes pós-pagos em dezembro de 2018 para 109,63 milhões em dezembro de 2019, o que significa uma alta de 10%. O empate técnico entre pós-pago e pré-pago deverá acontecer ainda no primeiro trimestre de 2020, uma vez que faltam apenas 7,41 milhões de linhas para o pós-pago alcançar o pré-pago na carteira dos clientes.

Nessa disputa pelo assinante, a Vivo segue líder do mercado com 32,9% do market share. TIM e Claro disputam palmo a palmo as segundas e terceiras posições. Em dezembro de 2019, segundo a Anatel, as duas empataram com 24%. A Oi - ainda sem saber se vai se desfazer ou não da operação móvel, avaliada em R$ 15 bilhões pela BTG Pactual - se manteve na quarta posição com 16.2%.

O 4G foi o grande impulsionador do pós-pago. A tecnologia 4G (LTE) encerrou dezembro com base de 153,73 milhões de chips ativos. Já o 3G despencou e fechou o ano com 42,81 milhões de acessos, uma queda de 21,7%. A tecnologia 2G ganha sobrevida com os acessos M2M, mas também perde acessos ativos. A tecnologia terminou 2019 com 30,12 milhões de acessos ativos. Mais informações, veja aqui: https://www.anatel.gov.br/paineis/acessos

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/04/2020
Anatel sugere adiar Fistel por 180 dias em troca de bônus a famílias pobres

01/04/2020
MPF reapresenta pedido à Anatel para impedir cortes de serviços de telecom

01/04/2020
Audiência pública da Anatel sobre bens reversíveis será por videoconferência

31/03/2020
Anatel suspende juros e multas de obrigações de telecom até 15 de abril

31/03/2020
Anatel libera preços das chamadas telefônicas de longa distância

27/03/2020
GSI: Anatel deve ajustar norma de cibersegurança aos casos específicos do 5G

27/03/2020
Anatel prorroga consulta pública do edital 5G por 15 dias

26/03/2020
Anatel define projetos de redes que podem ser exigidos em troca de multas

24/03/2020
Anatel suspende atendimento presencial e call center adota teletrabalho

20/03/2020
Anatel e teles firmam compromisso em carta ‘cachimbo da paz’

Destaques
Destaques

Operadoras pedem que edital do 5G traga compromissos na nova tecnologia

Mas Anatel lembra que reduzir preço das frequências para exigir investimentos que o mercado já faria naturalmente não faz sentido na licitação. 

Bloqueio de celular pirata não impediu disparada de 344% no mercado cinza

Segundo dados da IDC Brasil, o resultado de 2019 indica que o aperto no bolso dos brasileiros foi maior que o da fiscalização. Entre os modelos mais baratos, no entanto, o mercado “paralelo” caiu. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site