TELECOM

Anatel autoriza reajuste de até 8% nas ligações de fixo para celular

Luís Osvaldo Grossmann ... 29/01/2020 ... Convergência Digital

A Anatel publicou nesta quarta, 29/1, a autorização para que as concessionárias de telefonia fixa – Oi, Claro, Telefônica, Algar e Sercomtel – aumentem os preços das chamadas locais e de longa distância quando feitas para telefones celulares. A mudança atinge os clientes de planos básicos das concessionárias. 

Ao contrário de um ano antes, quando a agência reduziu esses preços em 0,4% frente a uma inflação de 4%, desta vez o reajuste é praticamente o dobro do Índice Nacional de Preços ao Consumidor, que em 2019 ficou em 4,31%, pelo menos no caso da Oi, que ganhou reajuste de 8,02%, e da Claro, na qual o índice será 7,97%. 

Os percentuais são diferentes na Telefônica, cujo aumento autorizado é de 3,72%; na Algar, com 5,83%; e na Sercomtel, na qual a correção será de 2%. Com diferenças muito pequenas, os aumentos valem tanto para chamadas feitas para o Serviço Móvel Pessoal como para o Serviço Móvel Especializado.

Na linguagem anatelina, os reajustes são autorizados para os componentes VC-1, de chamadas locais, VC-2, de chamadas de longa distância quando o DDD começa com o mesmo número, e VC-3, de longa distância com DDD diferente. Como resultado, os novos valores serão os seguintes, sem impostos:  

Concessionária

VC-1

Valor Normal

Valor Reduzido

Telemar Norte Leste S.A.

0,17554

0,12287

Oi S.A.

0,18030

0,12621

Telefônica Brasil S.A.

0,17447

0,12212

Algar Telecom

0,19016

0,13311

Sercomtel

0,18065

0,12645

 

Concessionária

 

VC-2

 

VC-3

 

Tarifa Normal

Tarifa Reduzida

Tarifa Normal

Tarifa Reduzida

Claro S.A.

 

0,54356

0,38049

0,67450

0,47215

Telemar Norte Leste S.A.

 

0,58329

0,40830

0,72991

0,51093

Oi S.A.

 

0,63540

0,44478

0,78522

0,54965

Telefônica Brasil S.A.

 

0,56125

0,39287

0,70225

0,49157

Algar Telecom

 

0,49070

0,34349

0,63023

0,44116

Sercomtel

 

0,59933

0,41953

0,73884

0,51718

 



Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Dataprev contrata Claro por R$ 236 mil para ter fibra ótica no Rio de Janeiro

Contrato, publicado no Diário Oficial da União, prevê a interligação dos prédios do data center da estatal de TI no Rio de Janeiro à filial na mesma cidade, no bairro de Botafogo.

Autor da nova Lei das teles lidera entidade para brigar por banda larga

Ex-deputado Daniel Vilela vai presidir a Aliança Conecta Brasil F4, que nasce com apoio da Huawei, FiberX e da consultoria Teleco, mas quer novos associados. “Não existe economia digital sem infraestrutura”, afirma.

Consumidores: Banda larga é o serviço com menor satisfação, celular o melhor

Para a Anatel, como o padrão de consumo exige estar sempre online, percepção de qualidade é especialmente rigorosa com a conexão à internet.

Decreto da nova Lei de Telecom depende de acerto sobre renovação de frequências

“Entendemos que é melhor que a Lei também seja aplicada para os contratos vigentes e estamos tentando construir uma posição única de governo”, explica o secretário executivo do MCTIC, Julio Semeghini. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G