GESTÃO

Secretário de Desestatização acusa Serpro e Dataprev de venderem dados pessoais

Luís Osvaldo Grossmann ... 22/01/2020 ... Convergência Digital

O secretário de desestatização do Ministério da Economia, José Salim Mattar, afirmou em entrevista à Rádio Gaúcha, do Rio Grande do Sul, que servidores públicos do Serpro e da Dataprev vendem dados dos cidadãos, fiscais e previdenciários, que estão sob custodia das estatais. Em resposta, a Fenadados e sindicatos da Frente Nacional dos Trabalhadores em Informática informam que vão processar por calúnia. 

“Empresa estatal não funciona bem. Nossos dados estão sendo vendidos pelos servidores públicos dessas estatais. Temos que privatizar”, afirmou Mattar durante a entrevista, concedida na terça, 21/1. Segundo o secretário, “Está acontecendo isso porque é empresa pública, se fosse privada não aconteceria.” A íntegra pode ser conferida neste link

A entrevista, primeiro revelada pelo site Capital Digital, provocou reação das entidades que representam os servidores. “A Fenadados e os sindicatos que constroem a FNI adotarão todas as medidas judiciais cabíveis e representarão, junto à Procuradoria Geral da República por crime de responsabilidade, desvio de finalidade e calúnia contra o sr. Salim Mattar.” 

Segundo a Fenadados, Mattar deixou de mencionar que "o vazamento de dados a que se refere foi descoberto em 2019 e, embora envolva o programa Hiscon, esse banco de dados só pode ser acessado nas agências ou no site do INSS com login e senha do usuário. Portanto, dificilmente tem envolvimento dos trabalhadores da Dataprev."


Carreira
Ministério da Economia vai contratar 350 temporários para transformação digital. Assespro diz que medida é nociva

Seleção simplificada mira especialistas em gestão de projetos, infraestrutura de TI, segurança de dados, experiência do usuário e desenvolvimento de software. Federação Assespro reclama da falta de parceria do governo com as empresas.

Receita simplifica certificado digital online para pessoa jurídica

Segundo o Fisco, empreendedores não precisarão se deslocar a estabelecimentos físicos para obter um e-CNPJ junto à Autoridade Certificadora.

Governo recria Conselho Nacional do Consumidor e inclui Anatel

Decreto cria órgão com 15 integrantes, sendo quatro das agências de telecomunicações, aviação civil, energia e petróleo. 

Covid-19 acelerou digitalização de 200 serviços públicos

Segundo a Secretaria de Governo Digital, em 18 meses já são 800 serviços acessíveis totalmente de forma digital. 

Petrobras adota satélite de baixa órbita para reduzir tempo de transmissão de dados

Estatal contratou satélites de órbita média terrestre para reduzir em 75% a transmissão de dados. Tecnologia vai ser usada em outras oito plataformas da Petrobras, instaladas nos campos de Búzios, Lula, Berbigão e Atapu.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G