Home - Convergência Digital

Vivo chega a 10 milhões de dispositivos conectados à IoT

Convergência Digital - 22/01/2020

A Vivo Empresas, segmento corporativo da Telefônica Brasil, registrou a marca de 10 milhões de dispositivos conectados máquina-a-máquina, o que a empresa calcula representar 40% dos dispositivos IoT no país. O serviço impulsiona o ecossistema de Internet das Coisas para o mercado corporativo ao ampliar a conexão para os milhões de dispositivos existentes. 

Segundo a Vivo, a plataforma permite que as empresas façam alterações massivas em seus dispositivos, como bloqueio e desbloqueio de linhas, trocas de chip ativo, troca de número, dentre outras funções. Uma mesma empresa pode ter dezenas, centenas ou milhares de dispositivos conectados. A Vivo também ampliou as políticas de segurança, com alertas de acessos suspeitos que são enviados às empresas no momento da detecção. 

Além de segurança de todas as informações e dados trafegados, ela permite integração sistêmica através de APIs, gerenciamento de diferentes tecnologias como NB-IoT e LTE-M, além de analytics para geração de insights importantes para a tomada de decisão do cliente. 

“Utilizamos a conectividade M2M, segmento que somos líderes, como um dos pilares centrais para alavancar nossas iniciativas em IoT, com uma proposta de valor com soluções fim a fim para diversos setores, incluindo segurança e Big Data”, afirma o head de Inovação, IoT e Big Data B2B a Vivo, Diego Aguiar. 

“A Vivo está à frente no mercado, como uma das poucas empresas a desenvolver uma plataforma exclusiva de gerenciamento de conectividade, oferecendo às empresas total autonomia e eficiência na gestão dos dispositivos conectados”, explica Diego Aguiar, chefe de inovação, IoT e Big Data B2B da Vivo. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

28/07/2020
A10 e CLM lançam laboratório de capacitação em IoT/5G

17/07/2020
Do Brasil para o mundo: IoT na irrigação de precisão

06/07/2020
UISA, de bionergia, contrata Vivo para ter 4G e IoT na produção de bionergia

01/07/2020
ConectarAgro quer 13 milhões de hectares na área rural com conexão 4G até o fim de 2021

29/06/2020
Senador pede regime de urgência para IoT para acelerar geração de emprego e renda

23/06/2020
Indicator Capital vai gerir fundo de IoT do BNDES e Qualcomm Ventures

16/06/2020
Startup pernambucana capta R$ 3,5 milhões e investe para expandir IoT na saúde

12/06/2020
Bayer dá acesso gratuito a ferramenta de coleta de dados para agricultura digital

10/06/2020
Regulamentação de IoT passa por tratar a coleta e a proteção dos dados

08/06/2020
Centro de Operações Rio usa rede neutra IoT da American Tower

Destaques
Destaques

Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

Tombo no primeiro trimestre foi de 8,7% - e chegou a 22,4% entre os aparelhos mais simples. Alta do dólar e a falta de componentes impactaram a venda dos dispositivos no país.

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site