Convergência Digital - Home

Computação em Nuvem entra na grade curricular da Escola Superior de Rede

Convergência Digital
Da redação - 21/01/2020

A Escola Superior de Redes (ESR) - unidade de serviço da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) - divulgou o calendário de cursos ofertados pela instituição em 2020. Serão cerca de 50 turmas distribuídas nas unidades de Belém, Brasília, Rio de Janeiro, Cuiabá, João Pessoa, Porto Alegre e Salvador, com carga horária de 16 a 40 horas. Entre as novidades previstas, estão os cursos nas áreas de Computação em Nuvem e Segurança da Informação, em parceria com a CompTIA, que oferece certificações em TI com reconhecimento internacional.

Estima-se a demanda por 420 mil novos profissionais de TI até 2024, segundo dados da Brasscom/ IDC. Esse número é maior do que o de profissionais formados em cursos superiores de perfil tecnológico. As áreas de Segurança da Informação e Nuvem ganham destaque, pois, juntas, representam aproximadamente 17% desse total.

"Tais fatos revelam a necessidade de formação de mão-de-obra qualificada no curto prazo. Felizmente a ESR oferece cursos práticos, focados no mercado, com carga horária adequada e parcerias internacionais nas áreas de maior demanda", afirma o diretor-adjunto da ESR, Leandro Guimarães. Ao longo do ano, novas turmas serão abertas nas unidades de Campinas, Belo Horizonte e Manaus. Além das turmas presenciais, a ESR também realiza turmas sob demanda em suas unidades ou in-company, em qualquer lugar do Brasil.

Foi o caso do curso de preparação para a certificação Security+, da CompTIA, realizado em Campo Grande (MS) para o Exército Brasileiro. "O curso abordou de maneira precisa o conteúdo da certificação, utilizando tanto o material didático da CompTIA como o da ESR, com ênfase para o que realmente importa para passar na prova. Também explicou, com simplicidade e exatidão, diversos conceitos importantes para profissionais da área de TI", afirmou o aluno Marcos Vinicius Sadock, tenente do 9º Batalhão de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército.

Segundo o diretor da ESR, Leandro Guimarães, as certificações são cada vez mais valorizadas para balizar o conhecimento e ajudam a desenvolver carreiras. Por conta disso, os próximos cursos em parceria com a CompTIA serão disponibilizados com conteúdo oficial traduzido, laboratórios virtuais e vouchers para provas de certificação.

Estão por vir, em 2020, novidades no modelo de ensino a distância (EaD) e na formação de Data Protection Oficer (DPO), em especial Public Data Protection Officer (PDPO), em parceria com a empresa holandesa Exin. A capacitação é focada no desenvolvimento de profissionais para adequação à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que passa a valer a partir de agosto de 2020. Para conferir a programação e garantir sua matrícula, basta acessar: http://esr.rnp.br/cursos/pre-matricula


Recrutadores e a dura tarefa de contratar cientistas de dados

O maior gargalo é encontrar profissionais adequados às demandas das empresas e o Brasil, hoje, é um exportador de talentos para outros países.

Destaques
Destaques

Metade das empresas no Brasil não confia na própria análise dos dados

Levantamento da Serasa Experian mostra ainda que 42% das companhias brasileiras admitem perder dinheiro com a má qualidade das informações. Má governança é vista como um desafio a ser superado. O mais grave: mais de 70% destão sem estratégia para superar essa etapa.

Dataprev vai comprar Inteligência Artificial e exige uso da nuvem pública

Estatal de TI não revela o montante a ser pago, mas diz que contrato será de 24 meses e inclui capacitação técnica dos funcionários, no modelo de serviços por demanda. Propostas devem ser enviadas até o dia 20 de julho.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.

Jornada para a nuvem: evite as armadilhas e faça a coisa certa

Por Fábio Kuhl*

Até bem pouco tempo, a nuvem era inovação, hoje me arrisco a dizer que, em breve, uma commodity.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site