Home - Convergência Digital

Parceria oferece 100 mil vagas gratuitas em cursos de programação

Convergência Digital - 16/01/2020

Com o objetivo de formar e identificar novos talentos na área de programação, e conectá-los a empresas que tenham alta demanda desses profissionais, a Digital Innovation - startup de open education em TI - disponibiliza em 2020, com o apoio do Sindicato das Empresas de Processamento de Dados e Serviços de Informática do Estado de SP (SEPROSP), cerca de 100 mil vagas gratuitas em diversos cursos de Tecnologia.

O resultado de sucesso da plataforma de open education - que tem despertado o interesse em parceria com diversas empresas do país - também tem chamado a atenção de empresas localizadas em outros países, que buscam preencher vagas em TI, independente da nacionalidade.

A instituição afirma que a plataforma foi ampliada para facilitar ainda mais a sua utilização. Novos cursos e projetos práticos foram lançados para engajar ainda mais os alunos, assim como as ferramentas para acelerar a formação. É possível, por exemplo, receber um análise do perfil individual do estudante, com as competências que ainda precisam ser desenvolvidas, para que ele se torne mais competitivo. Além disso, ele poderá visualizar quais cursos disponíveis ajudarão nessa capacitação.

De acordo com Iglá Generoso, CEO da Digital Innovation One, essa iniciativa pretende democratizar o acesso ao estudo de programação e resolver um problema crônico enfrentado pelas organizações do setor, que têm vagas ociosas, com o déficit de mão de obra qualificada.

Segundo dados da Associação Brasileira de Startups (Abstartups), a área de tecnologia vai na contramão do desemprego no Brasil e tem milhares de vagas ociosas --são pelo menos 5 mil posições não ocupadas em 2019. Estatística do IDC já apontava o crescimento de 10,5% na oferta do segmento. Até 2024, pelo menos outros 70 mil cargos serão criados para atender o mercado.

"As empresas precisam acelerar, está vindo cada vez mais uma demanda maior e mais global. A concorrência hoje é transversal e coloca os negócios em grande pressão pela eficiência e resultados rápidos. Então a SEPROSP veio com a gente para propiciar competitividade às empresas de tecnologia, por meio dos treinamentos. Nosso currículo é flexível, com um ecossistema open education escalável, alinhado às principais tecnologias e inovações para formar novos talentos, que poderão suprir lacunas existentes no mercado", afirmou.

Iglá Generoso explica que os cursos oferecidos pela plataforma estão mais relacionados ao desenvolvimento de software. Os interessados podem, por exemplo, aprender Javascript, HTML, Reactjs, banco de dados, Python, Git, blockchain e inteligência artificial. As jornadas de cada módulo são de 40 horas e geram certificado aos concluintes.

Além das empresas que têm utilizado a plataforma da Digital Innovation One para recrutar profissionais especializados, mais de 120 instituições de ensino também tornaram-se parceira do programa para estimular a participação dos alunos nos cursos e permitir que eles conquistem uma formação mais próxima com a realidade do mercado, além de entrarem na "vitrine" do mercado profissional.

O CEO explica que as ferramentas gratuitas disponíveis de forma online não são destinadas apenas a estudantes, mas também para profissionais que querem dar uma guinada na carreira ou mudar o campo de atuação. Para Iglá, com o aumento das vagas, programas educacionais e ampliação dos parceiros, a Digital Innovation One deve tornar-se o maior ecossistema de open education do Brasil em 2020.

Os interessados em aproveitar as bolsas e conquistar oportunidades de emprego em empresas de tecnologia devem acessar o site da Digital Innovation One e realizar um cadastro na página.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

02/10/2020
edTech nacional cria escola para formar programadores Web

21/09/2020
Julia, R e Scala: as linguagens de programação para ciência de dados

17/09/2020
Stefanini promove Maratona de Desenvolvimento 2020

11/09/2020
Procura por programador chegou a crescer 157% no Brasil por conta da Covid-19

25/08/2020
São Paulo tem 25 mil bolsas para formar programadores de games

24/08/2020
Escola de programação promove maratona de programação exclusiva para mulheres

06/07/2020
Governo de SP e startup abrem 50 mil bolsas de estudo gratuitas para cursos de programação

26/05/2020
Carrefour vai qualificar gratuitamente 25 mil profissonais de TI

22/05/2020
Santander Coders oferece 240 bolsas para desenvolvimento mobile

15/05/2020
Mais de 10 mil mulheres estão inscritas para o Santander Coders

Desafio nacional: identificar os dados efetivamente valiosos ao negócio

Pesquisa da IDC mostra que quase a metade companhias pesquisadas no Brasil admitiu ter dificuldade para encontrar talentos e recursos responsáveis pelas análises das informações.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Futuro sem aposentadoria – qual a saída?

Por luis Macedo*

O futuro financeiro nunca foi tão incerto. A aposentadoria "oficial", pelo INSS, fica cada vez mais distante para muitas pessoas, especialmente porque o mundo do trabalho mudou. Uma alternativa para uma parcela significativa da população que não tem carteira assinada são os fundos de previdência. O problema, no entanto, é a infinidade de fundos que existem.

Destaques
Destaques

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Teletrabalho: sem regulamentação, sem direitos, sem deveres, sem regras

Depois da nota técnica do MPT alertando para o direito à desconexão, Congresso tenta acelerar a votação dos PLs que tratam do tema, entre eles o PL 3915/20. O tema é complexo. IN 65, do governo federal, repassa os custos com tecnologia para os servidores no home office.

Ministério Público: Teletrabalho exige direito à desconexão

Ministério Público do Trabalho elaborou uma nota técnica direcionada para as “empresas, sindicatos e órgãos da administração pública”.  Na orientação, sugere a adoção de etiqueta digital para orientação de patrões e empregados.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site