Mercado cinza de celulares dispara 537% no Brasil

Convergência Digital ... 14/01/2020 ... Convergência Digital

Mesmo com reduções nos preços de aparelhos celulares, os brasileiros, ainda fortemente atingidos pela retração na economia e no consumo, foram atrás de modelos contrabandeados. Segundo levantamento da IDC Brasil, o mercado cinza de smartphones disparou 537,3% no terceiro trimestre de 2019, comparado ao mesmo período do ano anterior. 

“O movimento do mercado cinza vem crescendo desde o primeiro trimestre de 2019, quando a chegada de empresas chinesas no país despertou o interesse do consumidor, que quis comprar os lançamentos, mas pesquisou preços e recorreu aos comércios que praticam a venda destes produtos ilegais, pois os produtos são ainda mais baratos”, aponta a consultoria. 

Segundo a pesquisa, foram vendidos 1,28 milhão desses aparelhos, que, ressalta a IDC, não são necessariamente falsificados. “Importante destacar que não são apenas fabricantes chineses que vendem produtos contrabandeados no Brasil e que nem sempre estes aparelhos são falsos. Eles podem ser originais, mas chegam ao Brasil ilegalmente e por isso entram no mercado cinza”, afirma o analista da IDC Brasil, Renato Meireles. 

No mercado regular, foram comercializados 11,3 milhões de smartphones no período, o que representou uma queda de 1% nas vendas, apesar de promoções e reduções de preço – segundo a IDC, o preço dos smartphones caiu 5,7% em relação ao terceiro trimestre de 2018, custando em média R$ 1.165, e os feature phones tiveram queda de 21,9%, custando R$ 113. 

Embora o volume de smartphones tenha sido muito maior (10,5 milhões), o movimento representou uma queda de 3,3% nas vendas desse tipo de aparelho. Enquanto isso, os modelos mais simples, chamados feature phones, tiveram alta de 40,3% (para 865 mil), em mais uma indicação de alta sensibilidade aos preços – esse segmento já tinha crescido 34% no trimestre anterior. 

Com promoções, foi possível encontrar smartphones intermediários premium por preço de intermediário de entrada - com preço de R$ 700 a R$ 1099 -, que tiveram aumento de 88% nas vendas “O consumidor já está no seu quarto ou quinto smartphone e quer modelos com inteligência artificial, câmeras mais poderosas, mais memória interna etc. e, no período, encontrou celulares avançados por preços mais baixos”, avalia a consultoria. 

No geral, a receita do mercado de smartphones no terceiro trimestre de 2019 encolheu 9% na comparação com o mesmo período de 2018. O faturamento do setor no período foi de R$ 12,3 bilhões. Já para os feature phones, a receita fechou em R$ 97,7 mil, alta de 9,6%. 

A projeção da consultoria é que o quarto trimestre de 2019 apresente aumento de 5,1% nas vendas. Mas para 2020, a expectativa é de queda de 0,5% no mercado. 


Internet Móvel 3G 4G
Huawei dá o troco e Qualcomm alerta para o risco dos EUA perder muito dinheiro

Em documentos ao governo dos EUA, a fabricante adverte que o bloqueio não vai impedir acesso da fabricante à tecnologia de ponta, mas sim prejudicar os fornecedores americanos, inclusive, no 5G. Huawei já avisou que Mate 40 será último com chip Kirin.

Anatel recria 10 colegiados após extinção por Decreto presidencial

Uso do Espectro, Defesa dos Usuários, Prestadoras de Pequeno Porte, Aferição da Qualidade, Ofertas de Atacado, Acompanhamento de Redes são alguns dos grupos reestabelecidos pela agência. 

Reclamações contra oferta de banda larga crescem 40% com a quarentena da Covid-19

Queixas na Anatel cresceram especialmente a partir de março. No conjunto dos serviços, agência recebeu 1,52 milhão de reclamações entre janeiro e junho. Também houve um aumento de 20% com relação à telefonia móvel.

Oi quer corte de dívida com Anatel por desequilíbrio na concessão

“Tem que fazer um PGMU mais leve para que a gente possa respirar”, defende a diretora regulatória, Adriana Costa. Anatel esclarece que concessão não é sinônimo de lucro garantido. 

Huawei defende reserva de 500 MHz da faixa de 6GHz para as teles

Para o diretor da Huawei Brasil, Carlos Lauria, a reserva técnica é a melhor garantia para aguardar a evolução da tecnologia. "Se der tudo agora, não tem como voltar atrás depois", observa o executivo.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G