NEGÓCIOS

Grupo Cimcorp e Resource, agora, são Qintess

Convergência Digital ... 13/12/2019 ... Convergência Digital

Fruto da integração do Grupo Cimcorp e da Resource, a Qintess nasce da obsessão de servir aos clientes criando valor real e compartilhando a visão de como a transformação digital pode criar um mundo melhor, mais sustentável, socialmente inclusivo e ético. Considerada a etapa mais avançada desde a união das duas empresas, a iniciativa tem como objetivo potencializar as ofertas já entregues por ambas ao mercado brasileiro e internacional, reforçando seu posicionamento como uma empresa digital que, através do talento das pessoas e da tecnologia, pode entregar uma experiência excepcional a seus clientes.

“A criação da nova marca faz parte de uma série de iniciativas estruturadas pelo Grupo, que ao longo dos últimos 8 anos, atuou por meio de aquisições de empresas como Getronics Brasil, Sopho e Damovo para diversificar seu portfólio de infraestrutura, conectividade, workspace e multicloud”, explica Nana Baffour, Presidente e CEO da Qintess. “A aquisição da Resource, em junho deste ano, coroou essa estratégia e trouxe para o nosso portfólio toda a competência de Apps, inovação e soluções de negócio. Agora, a Qintess nasce para levar essas ofertas de forma integrada, inteligente e inovadora ao mercado”, conclui.

Com cerca de 3.500 colaboradores, entre Brasil, Colômbia e Chile, a Qintess já nasce grande e terá toda a sua estratégia de posicionamento e oferta baseada nos princípios da ESG (Environmental, Social and Corporate Governance, na sigla em inglês), que se referem às melhores práticas ambientais, sociais e de governança. “A Qintess pretende criar um portfólio de clientes conectados com estes valores e que estejam dispostos a compartilhar a visão sobre como a transformação digital mudará o mundo para melhor”, explica Baffour.

A consolidação da marca também reforça o novo modelo de negócios da companhia, que traça uma estratégia baseada nas pessoas. “Queremos ajudar as empresas a se anteciparem ao futuro por meio de uma estratégia centrada nas pessoas, pois temos convicção de que elas são, dentro das organizações, os principais agentes propulsores da transformação digital”, diz Rogério Dias, Vice-Presidente Executivo da Qintess.

A inovação é outro ponto de destaque que pautará a atuação da nova companhia. Privilegiar o novo, o que pode trazer disrupção na forma de fazer negócios e gerar resultados. “Este é um importante passo para nos consolidarmos, em definitivo, como o parceiro estratégico de clientes no Brasil e na América Latina, oferecendo todos os recursos necessários para alavancar suas jornadas de transformação”, afirma Dias.

Presente em mais de 150 cidades brasileiras, atendendo a mais de 500 empresas, a Qintess tem como meta ampliar o suporte às organizações, com opções totalmente alinhadas ao modelo ágil e disruptivo, simplificando o complexo e levando mais valor agregado aos clientes.


Cloud Computing
Serpro vai oferecer Dados como Serviço ao Comando da Aeronáutica

Valor do serviço é de R$ 402 mil e tem validade de um ano e consiste na extração de dados brutos dos sistemas a serem compartilhados entre órgãos e entidades do Governo Federal.

Assespro promove o Censo do setor de TI edição 2019

Entidade conta com a colaboração das empresas do segmento para formular estratégias de desenvolvimento de novos negócios.

Brasil vai investir R$ 37,2 bilhões em TICs em 2020

Incertezas políticas e o baixo crescimento econômico não estão freando os aportes em TICs na América Latina e no Brasil, assegura a consultoria IDC. Maior parte dos aportes será feito em cloud, analytics, mobilidade e empreendimento social.

IBM: "Estamos sempre olhando para ativos no Brasil e no mundo"

"Qualquer aquisição passa pela autorização da matriz. Mas empresas interessantes são sempre analisadas", afirmou o presidente da IBM Brasil, Tonny Martins, ao ser indagado sobre a privatização das estatais de TI, Serpro e Dataprev, anunciada pelo Governo Bolsonaro.

TJ/SP autoriza Banco do Brasil a fechar contas-corrente da Mercado Bitcoin

Tribunal entendeu que não houve abuso de direito, nem indícios de violação à legislação concorrencial ou mesmo de ofensa à boa-fé por parte da instituição financeira com a corretora de criptomoedas.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G