TELECOM

Sercomtel adia privatização para fevereiro e quer R$ 130 milhões

Convergência Digital ... 13/12/2019 ... Convergência Digital

O leilão da Secomtel, previsto para esta sexta-feira 13/12, na B3, ficou para 5 de fevereiro de 2020. Segundo a operadora, houve atraso na preparação do novo edital, que só foi publicado em 3/12 e foi entendido que não haveria tempo suficiente para análise dos potenciais interessados. 

O edital define o preço mínimo em R$ 130 milhões. E o justifica “em razão da necessidade de reestruturação dessa companhia, a fim de proporcionar um aumento dos investimentos, melhorias de gestão operacional, expansão da infraestrutura de atendimento ao mercado, aumento da qualidade dos serviços prestados e sobretudo, melhoria do seu desempenho econômico-financeiro, gerando aumento do retorno financeiro para o capital investido pelos acionistas, melhoria no atendimento à população e expansão de economia por meio da abertura de novos negócios ou expansão dos empreendimentos existentes”.

Na semana passada, a empresa fez uma apresentação a investidores na Bolsa. Segundo relatos da reunião, o presidente da operadora de Londrina, no Paraná, Cláudio Tedeschi apresentou os números difíceis da empresa e reconheceu a perda de usuários. E defendeu ser possível fazer a gestão com metade dos cerca de 200 funcionários atuais. 

“A integralização do capital social e alteração do controle da Sercomtel resultará na adoção de regime jurídico semelhante ao dos demais agentes não estatais que atuam no setor, possibilitando ajustes operacionais relevantes”, defende o edital de privatização da empresa, que possui cerca de 430 mil acessos em telefonia e banda larga. 


Internet Móvel 3G 4G
Klabin usa drones para prevenção em tempo real

A empresa foi autorizada pela ANAC a operar veículos aéreos não tripulados (VANTs ou drones) sem a necessidade de contato visual constante com uma equipe em terra.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Sem definição no Senado, Carlos Baigorri assume como substituto na Anatel

Nome do superintendente de Outorgas e Recursos à Prestação da agência continua à espera de sabatina, desde outubro de 2019, pela Comissão de Infraestrutura.

Oi, Oi Futuro e Ministério da Cidadania integram Tecnologia à história das Telecomunicações

Espaço MUSEHUM-Museu das Comunicações e Humanidades - utiliza novas tecnologias como realidade vritual, 3D, celular e games para reportar a trajetória do mercado brasileiro.

Rede de IoT da American Tower atinge 220 cidades

Segundo a empresa, rede IoT/LoRaWAN trafegou mais de 1,7 bilhão de mensagens no ano passado, especialmente, nos segmentos de gestão de frota e ativos.

Brasil prepara posição final com relação às políticas para TICs na UIT

Comissão Brasileira de Governança e Regimes Internacionais inicia os debates sobre a posição do País para o Fórum Mundial de Políticas de Telecomunicações de 2021. Evento global debaterá as oportunidades e os desafios para a adoção e o crescimento das novas e emergentes de TICs no mundo.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G