Home - Convergência Digital

TIM fecha acordo global com Nokia por IoT corporativa

Convergência Digital - 13/12/2019

A TIM fechou contrato com a Nokia para oferecer no Brasil serviços de Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) por meio da solução WING (Worldwide IoT Network Grid). A solução, totalmente virtualizada de serviços gerenciados pela empresa finlandesa, permite que a TIM faça a expansão da oferta de serviços para seus clientes corporativos de indústrias, como automotiva e agrícola, viabilizando o desenvolvimento de aplicações de IoT mais rapidamente e com segurança. Os valores do acerto não foram revelados pelas partes.

"Queremos dar um salto no mercado de Internet das Coisas, impulsionando a participação da TIM no mercado corporativo. Estamos ansiosos para colaborar com outros players globais de IoT, a fim de trazer a melhor experiência possível para nossos clientes. A solução Nokia WING nos permitirá acelerar nossos recursos com novos modelos de negócios para atender às necessidades do mercado empresarial", afirma Alexandre Dal Forno, Head de Produtos Corporativos & Soluções IoT da TIM Brasil.

Considerado o maior mercado de IoT da América Latina, o Brasil deve injetar US﹩ 200 bilhões à economia até 2025* com a adoção generalizada de tecnologias de IoT. A TIM é a primeira empresa na América Latina a fechar um acordo com a Nokia para a oferta da solução WING, o que apoiará a operadora a aproveitar também novos modelos de negócios. Além disso, serviços incrementais, como gerenciamento e análise de dispositivos, ajudarão a TIM a estender os recursos de gerenciamento de SIM para criar oportunidades de valor agregado.

"Este acordo apoiará a TIM Brasil a fornecer a seus clientes corporativos serviços de IoT para atender às suas crescentes necessidades. Além disso, novas soluções de IoT poderão ser aplicadas em vários setores para ajudar as empresas no processo de transformação digital", celebra Sanjay Goel, presidente de serviços globais da Nokia. A WING permitirá que empresas locais e multinacionais se beneficiem dos serviços globais de Internet das Coisas. A solução possui uma arquitetura distribuída que mantém todas as informações do usuário no país, garantindo sua privacidade.

Com a solução, os clientes corporativos da TIM poderão monitorar e gerenciar em tempo real seus dispositivos, desde rastreamento de ativos e sensores de status para indústrias de logística até carros totalmente conectados com diagnóstico e telemática a bordo. Como parte da implantação, a plataforma Nokia IMPACT IoT, que simplifica o processo de trazer e dimensionar vários aplicativos em uma única plataforma, fornecerá gerenciamento de dispositivos de Internet das Coisas e exposição de APIs com novos serviços.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/07/2020
TIM avança com proposta de conta digital única para as teles

10/07/2020
TIM e C6 Bank combinam pacote de dados e cartão sem anuidade em nova oferta

09/07/2020
No Brasil, TIM nega descarte da Huawei para rede 5G

08/07/2020
TIM acaba com acesso grátis às chamadas de voz e vídeo do WhatsApp e Messenger

07/07/2020
Anatel assina com TIM primeira troca de multa por investimentos

06/07/2020
UISA, de bionergia, contrata Vivo para ter 4G e IoT na produção de bionergia

02/07/2020
TIM atendeu três milhões de chamadas usando o Watson, na nuvem pública da IBM

01/07/2020
ConectarAgro quer 13 milhões de hectares na área rural com conexão 4G até o fim de 2021

29/06/2020
Senador pede regime de urgência para IoT para acelerar geração de emprego e renda

26/06/2020
'Dados do bem', para combate à Covid-19, une TIM e rede Open D'Or

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site