Aloo Telecom: Brasil precisa de um cadastro único de redes de fibra ótica

Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 14/11/2019 ... Convergência Digital

O Brasil precisa ter um cadastro único de redes de fibra ótica para que se tenha informações disponíveis o mais atualizado possível para maximizar os investimentos. "Melhorou muito nos últimos três anos com o trabalho da Anatel, mas o crescimento das redes de fibra é bastante desorganizado por falta de dados", afirma o CEO da Aloo Telecom, Felipe Cansanção.

Atuando em quatro áreas comerciais: B2B, Governo, ISPs e operadoras para alta capacidade, a Aloo Telecom diz que baixa latência é o que mais se quer no Brasil hoje. A operadora, que possui 35 mil km de rede de fibra ótica e capacidade de operação de 2,4 TBPS, prepara expansão até 27 TBPS nos próximos cinco anos. O backbone da Aloo está presente em quase todos os estados da região Nordeste e começa avançar para a região Norte.

À CDTV, do portal Convergência Digital, durante o XII Seminário TelComp 2019, Felipe Cansanção disse que nenhuma operadora de telecomunicações pode deixar de estudar o leilão 5G. "Nunca o governo colocou tanto espectro para vender. Estamos acompanhando com muita atenção. É um leilão que vem para revolucionar e vamos ver como a Aloo Telecom poderá participar", adianta. Assista a entrevista com o CEO da Aloo Telecom, Felipe Cansanção.


STJ confirma condenação da Telefônica por falta de cartões telefônicos

Multa estipulada foi de R$ 3 milhões, por conta da não venda de cartões indutivos de 20 unidades. Condenação da operadora foi mantida pela 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça.

Oi entra na disputa do mercado de marketplaces para consolidar marca de consumo

Plataforma OiPlace chega ao mercado com mais de 3 mil produtos. Tele também incluiu canal ao vivo no Oi Play, a partir da mudança da regra de conteúdo na Internet pela Anatel.

Em três meses, Anatel e PF apreendem mais equipamentos irregulares que em todo 2019

Somente entre julho e setembro deste 2020 foram 243,7 mil equipamentos sem certificação, entre baterias, carregadores, TV boxes, smartwatches e conversores digitais com Wi-Fi.

5G: Teles insistem em filtro nas parabólicas e rejeitam migração da TV

Estudo contratado pelas operadoras diz que mitigação da inferências do 5G nas antenas custaria R$ 224 milhões, enquanto transferir a recepção para a Banda Ku, acima de 10 GHz, seria R$ 1,8 bilhão. 

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G