GESTÃO

Fiat Chrysler avança no uso de Internet das Coisas

Por Roberta Prescott e Carlos Afonso ... 01/11/2019 ... Convergência Digital

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) do Brasil avança na adoção de Internet das Coisas. No processo industrial, conforme contou André Souza Ferreira, CIO para América Latina da FCA do Brasil, a companhia já está aplicando IoT para novos pontos de controle. O executivo de TI falou durante painel que debateu desafios e oportunidades de IoT, durante o Futurecom 2019, realizado de 28 a 31 de outubro, em São Paulo.

Indo além, ele explicou que é preciso enxergar o carro como uma plataforma móvel porque tem chip conectado por onde trafegam informações que ajudam a melhorar processos da organização, a identificar comportamentos não desejados e anomalias e a conhecer melhor o comportamento do consumidor.

Ferreira disse que a IoT começa a avançar na direção do cliente, citando como exemplo a possibilidade de o veículo informar quando tem de ir à concessionária, sugerir a unidade mais próxima, marcar o agendamento e preparar a concessionária, além de fazer a integração com meios de pagamentos e seguradoras. "Ter o valor do seguro com base no comportamento da direção é uma tendência de mercado", disse.  Assista à entrevista em vídeo.


Carreira
Parceria oferece 100 mil vagas gratuitas em cursos de programação

Iniciativa da Digital Innovation One e do Sindicato patronal de TI de São Paulo pretende capacitar mão de obra e identificar talentos em tecnologia. Os interessados podem, por exemplo, aprender Javascript, HTML, Reactjs, banco de dados, Python, Git, blockchain e inteligência artificial.

Empresas de software reagem a novo imposto no Rio de Janeiro

Tributo, oriundo do Fundo Orçamentário Temporário (FOT), passaria a valer a partir de 01 de janeiro, mas liminar, concedida à FIRJAN, adiou a cobrança para março. "Legislação é inconstitucional e vamos reagir", diz o presidente do TI Rio, Benito Paret.

Contrato bilionário de serviços na nuvem do TJSP com Microsoft volta à mesa com decisão do STF

Supremo suspendeu uma resolução do CNJ que obriga aos tribunais a adotarem plataforma desenvolvida pelo próprio Judiciário para tramitação eletrônica de processos.

Ministério da Justiça vai usar OTTs de mensagem para mandar intimações

Não está claro se as intimações irão por WhatsApp e Telegram ou por apenas um OTT. Os interessados têm de concordar em receber a intimação pelo celular.

Governo estuda como transferir dados para Serpro e Dataprev pós-privatização




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G