INOVAÇÃO

Embratel: Inteligência Artificial não é jogar fora tudo o que já feito

Por Fernanda Ângelo ... 30/10/2019 ... Convergência Digital

Em painel realizado durante o Congresso Futurecom 2019, que acontece esta semana, em São Paulo, Andrea Mannarino, diretora de Operações de Soluções Digitais da Embratel, detalhou aqueles que considera os principais erros e desafios da jornada de adoção da Inteligência Artificial nas empresas, sejam elas de telecom ou de outras indústrias.

Para a especialista, o maior equívoco talvez esteja no fato de se acreditar que a Inteligência Artificial promoverá uma revolução milagrosa dentro das organizações. "IA é uma jornada que deve começar simples, a partir do entendimento de um processo, como ele pode ser melhorado, quais sistemas podem ser integrados, quem são os stakeholders envolvidos", explicou. Andrea disse que muitas empresas menosprezam aquilo que já existe na organização, e que pode ser ponto de partida para grandes projetos.

No mesmo painel, a Nokia divulgou uma pesquisa sobre IA conduzida junto a 50 grandes empresas de telecomunicações no mundo. A análise revelou a dificuldade em comprovar o valor dos projetos como um dos principais desafios às iniciativas de IA. "O resultado reforça a visão de que é importante começar pequeno, envolver pessoas e comprovar os benefícios", avaliou Andrea.

Ela ainda destacou a questão da mão de obra e e a capacitação de talentos como outros desafios. "As pessoas fazem toda a diferença em um projeto de IA. Mais do que conhecimento técnico, tem que ter traquejo comportamental, conhecer o processo, enxergar o ganho que ele trará", afirmou. "Sempre digo que precisamos criar o problema e entender como podemos resolvê-lo, e as pessoas são essenciais nesse processo", acrescentou.

Em entrevista ao CDTV, Andrea Mannarino falou sobre os desafios da jornada rumo à Inteligência Artificial e a capacitação de pessoas e contou como a Embratel tem trabalhado para preparar profissionais nesse segmento.


Cloud Computing
SentinelOne libera gratuitamente proteção de endpoint com IA para trabalho remoto

Solução,nativa da nuvem, serve para enfrentar a rápida disseminação do Covid-19 e ajudar empresas a manter redes seguras mesmo com os usuários em home office e usando seus próprios dispositivos.

Governo seleciona entidades para compor GT de propriedade intelectual

Grupo Interministerial de Propriedade Intelectual, originalmente parte da Camex e agora sob tutela do Ministério da Economia, terá 10 representantes da sociedade civil. 

BC cria grupo de trabalho para implantar open banking até novembro

GT será formado por representantes do próprio BC, por associações de Internet como Abranet e Câmara-e.net, Febraban (grandes bancos); Abecs e Abipag (empresas de pagamentos); ABBC (bancos médios); OCB (cooperativas), ABCD e ABFintech (fintechs).

Aceleradora busca start-ups e projetos no setor de Cannabis no Brasil

The Green Hub realiza o Cannabis Thinking, para fomentar o desenvolvimento de projetos criativos. Em março, acontecerá o Demo Day.

BC contrata Dinamo Networks e faz acontecer o pagamento instantâneo

Autoridade Monetária selecionou a fornecedora brasileira para comprar 22 HSMs, voltados à segurança das transações por R$ 1,350 milhão. Todo o software usado é desenvolvido no Brasil. Nova infraestrutura pode ser a pá de cal nos cartões de débito, TEDs e DOCs.

Oi Futuro e Sebrae lançam edital de aceleração para empreendedores

Startups terão acesso a espaço de coworking e poderão ganhar prêmios de até R$ 25 mil. Iniciativa terá seis meses de duração e reúne mentorias, consultorias e workshops.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G