Home - Convergência Digital

Chinesa Xiaomi promete lançar 10 celulares 5G em 2020

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 22/10/2019

A fabricante chinesa de smartphones Xiaomi planeja lançar mais de 10 telefones 5G em 2020, disse o presidente-executivo Lei Jun, durante conferência mundial de internet na China. No mês passado, a Xiaomi lançou o Xiaomi Mi 9 Pro, o primeiro telefone habilitado para 5G da empresa para o mercado doméstico. 

Segundo o executivo, a demanda pelo telefone excedeu as expectativas e levou a problemas na cadeia de fornecimento. A recepção do dispositivo levou a Xiaomi a lançar modelos 5G para os celulares de todos os níveis de preço no próximo ano. 

“As pessoas do setor temem que no próximo ano os modelos 4G não sejam vendidos, esse é um passo que você não tem escolha a não ser dar”, disse Lei. “Portanto, esperamos que as operadoras possam acelerar sua expansão das estações de 5G”. 

No segundo trimestre, a Xiaomi tinha 11,8% do mercado de smartphones da China, ante 13,9% no ano anterior, de acordo com a empresa de pesquisa Canalys. A empresa detém cerca de 10% do mercado global de celulares.. 

Todas as outras principais marcas chinesas sofreram com vendas em declínio, à medida que os consumidores procuravam a Huawei, impulsionados em parte pelo patriotismo. A fabricante de celulares tornou-se o centro das tensões entre a China e EUA em maio, quando Washington pediu efetivamente às empresas norte-americanas que deixassem de lhe fornecer peças. 

No entanto, a Xiaomi obteve sucesso na Europa, onde continua sendo um player relativamente novo. A participação de mercado da empresa na região no segundo trimestre atingiu 9,6%, acima dos 6,5% do ano anterior, tornando-a uma das marcas de telefone que mais crescem na região. 

* Com informações da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/05/2020
Anatel: Parabólicas comprometem porta de entrada do 5G no Brasil

21/05/2020
Anatel confirma que filtros não resolvem interferência do 5G nas parabólicas

14/05/2020
Ericsson: Compartilhamento de espectro permite 5G às teles antes do leilão

12/05/2020
Pioneira no 5G, Coreia do Sul projeta redes standalone até o fim de 2020

11/05/2020
Ericsson: Covid-19 aumentou a demanda por 5G

08/05/2020
Anatel já sinaliza que Covid-19 vai adiar leilão do 5G para 2021

08/05/2020
Interferência nas parabólicas pode reduzir espectro para 5G

06/05/2020
Leilão 5G: TIM e Claro defendem adiamento. Vivo adverte para momento incerto

30/04/2020
Qualcomm: Covid-19 não impede o leilão do 5G ainda em 2020

23/04/2020
CPQD sugere laboratório nacional de 5G sob gestão da GSI e da Anatel

Destaques
Destaques

Leilão 5G: TIM e Claro defendem adiamento. Vivo adverte para momento incerto

TIM e Claro se posicionam claramente contra a realização do leilão ainda em 2020. A Vivo se mostra mais cautelosa, mas admite que está tudo muito nebuloso por conta da economia e da pandemia de Covid-19. Todas asseguram que o momento ainda é de muito investimento no 4G e no 4,5G.

Operadoras pedem que edital do 5G traga compromissos na nova tecnologia

Mas Anatel lembra que reduzir preço das frequências para exigir investimentos que o mercado já faria naturalmente não faz sentido na licitação. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Para além da guerra da saúde pública, não adiem o leilão do 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

O setor de telecomunicações tem suportado a sobrecarga derivada da pandemia de Covid-19. Mas, reforcem essas redes com tecnologia mais avançada para prover serviços de baixa latência. Dessa forma, não se postergue o leilão das redes ditas de quinta geração (5G) e atenção à segurança cibernética.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site