Home - Convergência Digital

Alemanha ignora pressão dos EUA e mantém Huawei no páreo para 5G

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 14/10/2019

A Alemanha não vai barrar equipamentos chineses das compras das operadoras de telecomunicações para implantação do 5G no país, informou nesta segunda, 14/10, um porta voz do governo ao apresentar novas regras relacionadas à nova geração tecnológica. 

“Não tomaremos nenhuma medida prévia para banir nenhum ator ou nenhuma empresa”, afirmou o porta-voz do governo federal alemão, Steffen Seibert, em conferência de imprensa realizada em Berlim nesta segunda. 

As operadoras alemãs Deutsche Telekom, Vodafone e Telefônica Deutschland terão que identificar e adotar padrões de segurança aperfeiçoados para elementos críticos de rede. 

Os fornecedores deverão ser certificados como confiáveis, garantindo recursos legais contra danos se houver prova de que os equipamentos foram usados para espionagem ou sabotagem. 

Os equipamentos críticos deverão ser certificados pela autoridade alemã de cibersegurança – o Escritório Federal de Segurança da Informação, ou BSI na sigla em alemão. 

A posição do governo da Alemanha se dá apesar da pressão dos Estados Unidos contra fornecedores chineses, especialmente a Huawei, que é o maior fornecedor mundial de equipamentos de rede. Todas as teles alemãs usam equipamentos da fabricante chinesa e alegaram prejuízos em dinheiro e atraso na implementação do 5G no país caso houvesse banimento. 

* Com informações da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

27/02/2020
Corrida pelo 5G ganha impulso e acirra disputa das teles

21/02/2020
Anatel convoca fabricantes, teles e fornecedores para evento sobre 5G

20/02/2020
Consumo alto de energia desafia o futuro dos data centers

19/02/2020
CCT do Senado cria subcomissão para acompanhar leilão do 5G

19/02/2020
Defesa Cibernética: 5G do Brasil deve resistir a riscos de qualquer empresa ou nação

19/02/2020
Itamaraty: Norma para fatiar fornecedores no 5G é dispensável

19/02/2020
Vivo: Controle de segurança sobre a Huawei é igual a de qualquer fornecedor

19/02/2020
Anatel: Quem escolhe fornecedor 5G são as teles vencedoras do leilão

18/02/2020
Senado chama GSI, Anatel e Huawei para debater disputa entre EUA e China pelo 5G

18/02/2020
Brasil terá 6,2 bilhões de downloads de aplicações móveis até 2023

Destaques
Destaques

Governo do Brasil ainda avalia restringir Huawei na implantação do 5G

MCTIC estuda a publicação de um novo Decreto, ou em forma de Portaria, com normas para cibersegurança específicas para o setor de telecomunicações. A estratégia Nacional de Segurança Cibernética, recém-lançada pelo Governo, tratou - de forma genérica- o tema 5G.

5G exigirá uso de requisitos mínimos de Segurança Cibernética

Tecnologia é apontada como 'uma revolução na comunicação de dados, no potencial de emprego de equipamentos de Internet das Coisas e na prestação de novos e disruptivos serviços".

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site