SEGURANÇA

Brasil possui quase 56 mil URLs maliciosas

Convergência Digital* ... 10/10/2019 ... Convergência Digital

O relatório Fast Facts, que analisou o cenário global das ameaças cibernéticas em agosto, da Trend Micro, mostra que cada URL maliciosa no Brasil afeta em média 18 usuários, colocando o país na 15º posição do ranking dos países com maior número de vítimas de URLs maliciosas. O Japão lidera o ranking, com mais de 16 milhões de pessoas afetadas, seguido pelos EUA (14 milhões) e Taiwan (6 milhões).

O Brasil possui quase 56 mil URLs maliciosas e mais de 1 milhão de usuários impactados. Para Franzvitor Fiorim, líder técnico da Trend Micro do Brasil, isso indica que os brasileiros precisam reforçar seus cuidados com segurança digital. "Se uma única URL consegue atingir uma grande quantidade de pessoas, isso significa que é preciso mais conhecimento sobre ameaças cibernéticas e formas de prevenção. Ter cautela ao clicar em links desconhecidos, por exemplo, é essencial."

O relatório Trend Micro é divulgado pelo TrendLabs com atualizações mensais sobre o cenário de ameaças. Além dos sensores da SPN, os dados coletados também vieram de pesquisadores da Trend Micro, da equipe do Zero Day Initiative (ZDI), da equipe de Threat Hunting, da equipe de Serviço Móvel de Reputação de Aplicativos (MARS) e da Smart Home Network (SHN).


Administradora de shopping centers revela ataque cibernético

Ao mercado a Aliansce Sonae informou que a invasão aconteceu em maio e a companhia admite que, algumas informações possam ter sido acessadas, mas que elas não eram estratégicas.

PF caça quadrilha que teria vazado dados do presidente Bolsonaro e de mais de 200 mil servidores

Ação policial acontece nos Estados do Rio Grande do  Sul e Ceará. Organização teria invadido sistemas de universidades, prefeituras e câmaras de veradores.

Light confirma ataque cibernético e cobrança de resgate em bitcoin

Custo do resgate solicitado teria chegado a R$ 37 milhões e não há informação se o montante foi pago ou não. Todo o incidente aconteceu na área de TI e não houve consequência na distribuição ao consumidor.

Microsoft faz megacorreção de vulnerabilidades de segurança

Companhia lançou correções para 129 vulnerabilidades, sendo 11 consideradas como críticas, que incluem o Office, SharePoint, Visual Studio e outros.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G