NEGÓCIOS

Brasil troca R$ 10 bilhões em Bitcoins e bate recorde

Convergência Digital ... 08/10/2019 ... Convergência Digital

As corretoras brasileiras declararam ter movimentado 301,390.78 Bitcoins de entre janeiro e setembro deste 2019, o que, na cotação de 30/9 equivale a R$ 10.462.404.258,65, segundo informa o Cointrade Monitor. Se a média for mantida, ao final do ano as trocas nacionais terão movimentado pouco mais de 400.000 Bitcoins. 

O valor já é um novo recorde, superando os R$ 8 bilhões em transações com a criptomoeda registradas no país em 2017. Segundo o relatório, a maior corretora este ano é a MercadoBitcoin com 98,109.99 Bitcoins negociados, correspondendo a 32,55% do mercado nacional. O dia que registrou a maior movimentação no país este ano foi em 26/6, com 5,070.38 BTC. E o dia com menor movimentação foi 15/9, com 129.48 BTC. No Brasil, um Bitcoin vale mais de R$ 13 mil nesta terça, 8/10.  

“Apesar de um vigoroso aumento da quantidade negociações a partir de fevereiro, atingido seu clímax em maio, o mercado de Bitcoin tem sofrido um movimento contrário de queda desde julho. As causas desse arrefecimento podem ser externas, decorrente de decisões de bancos internacionais, ou internas, resultado da instrução normativa da Receita Federal 1.888, cujos efeitos vigoraram a partir de agosto de 2019, ou até mesmo como consequência da perda de credibilidade das empresas do ramo de criptomoedas que estiveram envolvidas em litígio com seus clientes”, analisa o Monitor. 

A partir desta Instrução Normativa, as corretoras de criptomoedas domiciliadas no Brasil, terão que passar algumas informações mensalmente para a Receita Federal sobre cada operação realizada.


Cloud Computing
Oi avança com comunicação unificada na nuvem

Plataforma Oi Cloud Communication une Comunicação Unificada, Central de Atendimento e Omnichannel voltada à digitalização das empresas. Tele fez parceria com Avaya e Alcatel-Lucent Enterprise.

#apoieojornalismoespecializado é prorrogada até 31 de julho

Campanha foi estendida como agradecimento aos apoiadores: ABERT, ABES, Abinee, Abranet, Abratel, Abrint, ABTA, Algar, Assespro, Associação Neo,Brasscom, Brisanet, Cisco, Claro, Commscope, CPQD, Embratel Claro, Ericsson, F5, Feninfra, Fitec, Futurecom 2020, Highline, Huawei, Infobip, Intel, Kryptus, Mercado Livre, mobi2buy, PadTec,
Positivo Tecnologia, NIC.br, Oi, RNP, SAS, SindiTelebrasil, Stefanini,
Surf Telecom, Sky, Take, TelComp, TIM ,  Vero Internet, Viasat, Vivo e WDC Networks. 
A #apoieojornalismoespecializado une os veiculos - Convergência Digital, Mobile Time, Tele.Síntese, Teletime e TI Inside. Participe. Venha fazer parte do time que apoia o jornalismo especializado.

Stone que ir além das 'máquininhas', mas demite 1.300 para enfrentar crise do Covid-19

Empresa de meio de pagamentos quer investir em serviços financeiros e em ferramentas de vendas online. Em abril, a companhia, em parceria com o Grupo Globo, lançou a TON, voltada para trabalhadores autonômos.

Covid-19 fez produção da indústria eletroeletrônica recuar 9,1% em março

Abinee adverte que no mês de abril haverá uma nova queda, provavelmente ainda mais aguda, por conta das medidas de isolamento social.

#apoieojornalismoespecializado

Ação inédita une o Convergência Digital, o Mobile Time, o Tele.síntese, o Teletime e a TI Inside para uma campanha integrada para chamar a atenção para a relevância e o papel do jornalismo especializado setorial. O movimento é para financiar os esforços jornalísticos durante esse período de pandemia de Covid-19. Saiba quais são as empresas que já aderiram à nossa iniciativa e estão ajudando o jornalismo especializado.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G